Momento Tecnologia #44: Aplicativos facilitam o mercado de alimentação e contato entre produtor e cliente

Projetos desenvolvidos na Escola de Engenharia de São Carlos da USP aperfeiçoam ponte entre o produtor e o dono do estabelecimento, algo que já era precário mesmo antes da pandemia

Jornal da USP
Momento Tecnologia #44: Aplicativos facilitam o mercado de alimentação e contato entre produtor e cliente
/

A pandemia chegou de forma avassaladora e as empresas do setor de alimentação se encontraram em uma situação complicada. Como toda a sociedade, elas também tiveram que se adaptar e, ao adotar o atendimento via delivery, toda a cadeia envolvendo restaurantes, indústrias alimentícias e distribuidores também sofreu alterações. Nesse sentido, ideias de projetos para solucionar e melhorar o mercado dessa área começaram a surgir e a USP não podia ficar de fora.

A Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP, por exemplo, organizou uma maratona tecnológica chamada Sancathon para estimular a criação de projetos que ajudassem no aperfeiçoamento do mercado citado acima. De forma online, a maratona teve quase 500 participantes de 22 estados participando e, entre os premiados, dois projetos se destacaram, e o melhor, já dando resultados.

“É uma plataforma que vai ligar o produtor com o estabelecimento que serve a comida. Essa ponte vai ser feita com um marketplace, plataforma de compras. Vai ter um aplicativo de uso do produtor e cliente. O que vai acontecer? Já o produtor vai colocar no marketplace os seus produtos junto com o preço. Assim que ele fizer essa oferta, o aplicativo do cliente já aparece. Na parte do cliente, há uma tela de home com os produtos disponíveis. Uma das coisas interessantes disso é que a gente consegue fazer uma compra em massa”, comenta Vinicius Baca, estudante do curso de Engenharia Mecânica da EESC e criador do aplicativo de compras coletivas HORT-E. Seu aplicativo tem intenção de fazer a ponte entre o produtor e o dono do estabelecimento, o que, para Baca, sempre foi um problema e, de certa forma, algo precário.

Além do HORT-E, outro aplicativo ficou em evidência na maratona, o FoodTrends. Esse app usa técnicas de mineração de dados e inteligência analítica no intuito de coletar informações de aplicativos de delivery. O objetivo final é possibilitar que indústrias e distribuidores de alimentos tenham acesso ao potencial de consumo de determinada região. “A nossa plataforma consegue escolher e segmentar os restaurantes de uma forma muito específica, então, para a indústria e para os distribuidores, é algo essencial, e a gente percebe que isso é uma carência muito grande quando a gente fala do food service, dos restaurantes e operadores. Acredito que, quando a gente consegue segmentar um restaurante pela culinária que ele oferece, pelos pratos que ele tem, quais são os ingredientes que ele coloca, quando a gente chega nesse nível de detalhe, a segmentação fica muito grande e muito específica, e isso é ótimo para quem está abastecendo esses restaurantes, os distribuidores e a própria indústria”, conclui Julio Vazquez Manfio, desenvolvedor do aplicativo.


Momento Tecnologia
Edição de roteiro: Denis Pacheco
Edição de som:  Guilherme Fiori
Edição geral: Cinderela Caldeira
E-mail: ouvinte@usp.br
Horário: Quinzenalmente, terças-feiras, às 8h05

O Momento Tecnologia vai ao ar na Rádio USP, quinzenalmente, segundas-feiras, às 8h05 – São Paulo 93,7 MHz e Ribeirão Preto 107,9 MHz e também nos principais agregadores de podcast  Veja todos os episódios do Momento Tecnologia

 

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.