Momento Tecnologia #33: De ideias básicas a sofisticadas, máscaras que protegem e fazem a diferença

Apesar de origens distintas, busca por criar alternativas ao combate à covid-19 fez com que professores da USP criassem ideias diferentes e inusitadas na hora de confeccionar máscaras de proteção facial

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=345042

Momento Tecnologia #33: De ideias básicas a sofisticadas, máscaras que protegem e fazem a diferença
Momento Tecnologia - USP

 
 
00:00 / 10:00
 
1X
 

Se há um item que é logo associado à pandemia que estamos vivendo atualmente, esse item é a máscara de proteção. De modelos mais básicos aos mais sofisticados, os protetores faciais até viraram moda, com materiais e desenhos inovadores, além de seu uso sanitário. Pesquisando pela internet ou até mesmo pelo YouTube, pessoas podem encontrar milhares de resultados sobre a confecção de máscaras de proteção, geralmente envolvendo o conceito DIY (Do It Yourself, ou seja, faça você mesmo).

A USP e seus professores/especialistas não podiam ficar de fora, e alguns projetos derivados de ideias inusitadas e ações coletivas conseguiram ir para a frente. Um desses casos é a máscara de proteção criada pelo professor Ruy Pauletti, da Escola Politécnica (Poli) da USP, que aproveitou do conceito envolvendo a prática do esporte esnórquel para pensar em uma ideia diferente. “Logo no início, quando começou a ficar claro que a epidemia chegaria no Brasil, eu já ruminava a ideia. Nas mídias sociais apareceu alguém que vestiu uma máscara, um snorkel full-face, eu achei a ideia interessante. E eu então ruminava a ideia, ‘por que não pegar um snorkel e adaptar um filtro nele?'”, explica Pauletti, ao Momento Tecnologia.

O projeto se desenvolveu tão bem que a empresa Lorenzetti resolveu apoiar a ideia do professor, e apesar de ainda precisar de testes e comprovações de eficácia, seu potencial pode fazer diferença na proteção de médicos intensivistas.

Uma ideia também original surgiu na Faculdade de Medicina da USP, em que as doutoras Lilian Arai e Suzane Kioko Ono (além de suas equipes) fizeram um vídeo no Instagram, divulgando uma ideia simples, mas eficiente. “Bem no início da crise, o pânico e a falta generalizada de TIs nos fez buscar alternativas para proteção dos nossos colaboradores. A gente recebia vídeos de como fazer essas máscaras, uma delas foi a de uma moça, que foi muito legal, que era o das tiaras, que ela prendia com grampos”, comenta Suzane. A simplicidade em torno dessa máscara feita na FM-USP fez com que professores da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) criassem a campanha Máscara do Bem, que confeccionou máscaras para profissionais de saúde na cidade. “A ideia da campanha Máscara do Bem surgiu da vontade de envolver os alunos, na verdade, de uma insatisfação, de simplesmente assistir à carência de equipamentos de proteção individual dos profissionais”, esclarece a professora Gisele Fabri, coordenadora da Liga de Odontologia da UFJF.

E você já imaginou fazer uma máscara de proteção baseada em um filtro de papel, um saquinho plástico de geladeira e um pedaço de barbante? Talvez a ideia possa parecer bem inusitada, mas o professor Henrique Eisi Toma, do Instituto de Química da USP, conseguiu fazer exatamente isso e explica o uso do filtro de papel. “Para o químico, existe o filtro de papel que é muito diferente do papel toalha, do papel higiênico ou do guardanapo. Todos são feitos de papel, mas o papel de filtro foi feito para filtrar. Quando você faz um cafezinho, um filtro de café que é bom, é estéril, filtra bem e você não fica chocado com isso. Filtra um suco, qualquer coisa, é estéril, é higiênico”, comenta. No vídeo abaixo, você confere como a máscara é feita:

Saiba mais ouvindo o episódio na íntegra, com reportagem de Anderson Lima e Gabrielle Abreu.


Momento Tecnologia
Edição de roteiro: Denis Pacheco
Edição de som:  Guilherme Fiori
Edição geral: Cinderela Caldeira
E-mail: ouvinte@usp.br
Horário: Quinzenalmente, terças-feiras, às 8h05

O Momento Tecnologia vai ao ar na Rádio USP, quinzenalmente, segundas-feiras, às 8h05 – São Paulo 93,7 MHz e Ribeirão Preto 107,9 MHz e também nos principais agregadores de podcast  Veja todos os episódios do Momento Tecnologia

 

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.