Momento Tecnologia #22: Gelatina vegetal é utilizada na produção de microbateria

Similar à pilha convencional, a microbateria feita a partir da gelatina vegetal traz vantagens como menor toxicidade e custo de produção, além de ser mais sustentável e segura para utilização em procedimentos médicos

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=306109

Momento Tecnologia #22: Gelatina vegetal é utilizada na produção de microbateria
Momento Tecnologia - USP

 
 
00:00 / 8:16
 
1X
 

Bolo, chiclete, bala, gelatina e doce de leite são algumas das sobremesas favoritas da criançada, mas aqui na USP uma delas passou a ser utilizada em uma receita bem diferente do que estamos acostumados. Pesquisadores do Instituto de Química de São Carlos da USP trabalharam com cientistas de Harvard no desenvolvimento de uma bateria a partir da agarose, um biopolímero constituído de açúcar, que pode ser extraído de algas marinhas e é vendido comercialmente como gelatina vegetal.

Essa nova tecnologia, uma microbateria, é menos tóxica que as baterias tradicionalmente usadas na área da saúde, de lítio e prata. Ela também oferece mais segurança quando utilizada em procedimentos médicos, como explica a doutoranda Graziela Sedenho, do Instituto de Química de São Carlos: “Caso algum desses dispositivos ou pílulas se rompa dentro do organismo de um paciente ou até mesmo ocorra algum acidente ou vazamento, a exposição dos componentes da nossa microbateria aos fluidos embriológicos ou tecidos não oferece riscos relacionados à toxicidade, perfuração ou até mesmo explosão, o que pode acontecer com as microbaterias ou pilhas presentes hoje no mercado.”

Para que a bateria seja realidade no mercado brasileiro, o professor Frank Crespilho, também do Instituto de Química de São Carlos, explica: “A ideia é que a gente desenvolva uma bateria que possa ser produzida no Brasil também, com o know how do nosso laboratório, da USP, e também utilizando produtos naturais encontrados aqui no Brasil. Esse fator é muito importante, uma vez que a gente pode consolidar o que a gente chama de economia circular, porque esses compostos podem ser recicláveis, podem ser armazenados, podem ser estocados e futuramente podem ser até descartados no ambiente sem problema algum.”

Para conhecer um pouco mais sobre a bateria de gelatina, ouça o podcast na íntegra, com reportagem de André Netto e Gabrielle Abreu.


Momento Tecnologia
Edição de roteiro: Denis Pacheco
Edição de som:  Guilherme Fiori
Edição geral: Cinderela Caldeira
E-mail: ouvinte@usp.br
Horário: Quinzenalmente, terças-feiras, às 8h05

O Momento Tecnologia vai ao ar na Rádio USP, quinzenalmente, segundas-feiras, às 8h05 – São Paulo 93,7 MHz e Ribeirão Preto 107,9 MHz e também nos principais agregadores de podcast
Veja todos os episódios do Momento Tecnologia

 

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.