Momento Sociedade #9: Estudo sobre o precariado vai comparar Brasil e EUA

O Momento Sociedade desta semana continua tratando da questão do precariado, desta vez com um novo recorte: a comparação entre Brasil e Estados Unidos. O índice de desemprego nos EUA é o menor das últimas cinco décadas, no entanto a geração de emprego não significa, necessariamente, alta qualidade de vida

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=269778
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Momento Sociedade #9: Estudo sobre o precariado vai comparar Brasil e EUA
Momento Sociedade - USP

 
 
00:00 / 9:03
 
1X
 

O Momento Sociedade desta semana, com o pesquisador José Luiz Portella, é uma continuação do programa de número oito. A questão do precariado ressurge, desta vez com um novo recorte: a comparação entre Brasil e Estados Unidos.

Portella comenta que o professor Ruy Braga, chefe do Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, irá para Berkeley, no Estado da Califórnia, continuar os estudos sobre o precariado, isto é, o trabalhador com deterioração de seu padrão de vida e condição de trabalho.

O trabalhador sem emprego formal foi importante aliado na vitória de Donald Trump, na eleição presidencial de 2016. Portella explica que, de fato, houve a criação de empregos formais, porém precarizados. Em síntese, esse trabalhador conseguiu ser empregado, mas “não tem qualidade mínima de vida”.

Outra questão tratada pelo pesquisador é a regulamentação do trabalho. “O Estado nação não consegue mais regular a relação patrão-empregado, porque boa parte das grandes empresas são comandadas por fundos que ficam em paraísos ficais.”


Momento Sociedade
O Momento Sociedade vai ao ar na Rádio USP todas as segundas-feiras, às 8h30 – São Paulo 93,7 MHz e Ribeirão Preto 107,9 MHz e também nos principais agregadores de podcast

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •