Momento Sociedade #26: Brasileiro perde dinheiro por não ter educação financeira

José Luiz Portella destaca que os dados mostram que 65% das pessoas que guardam dinheiro no País utilizam a poupança e 25% guardam em casa. Essas pessoas estão perdendo dinheiro para a inflação, apesar de baixa

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=304180

Momento Sociedade #26: Brasileiro perde dinheiro por não ter educação financeira
Momento Sociedade - USP

 
 
00:00 / 8:59
 
1X
 

O tema do Momento Sociedade desta semana trata do quanto o brasileiro perde ao não ter noção sobre como poupar e onde investir seus rendimentos. José Luiz Portella, doutorando pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, alerta que ainda é um assunto pouco abordado e com a importância devida. Para ele, “a melhor maneira de você aumentar imediatamente a renda das pessoas é dando educação financeira, porque a grande maioria está perdendo dinheiro porque não sabe guardá-lo”.

Portella destaca que os dados mostram que 65% das pessoas que guardam dinheiro no País utilizam a poupança e 25% guardam em casa. Essas pessoas estão perdendo dinheiro para a inflação, apesar de baixa. Segundo ele, é uma forma de aplicação muito popular, já que dá segurança de retorno. Portella explica que outros fundos de investimento também têm um fundo garantidor, um mecanismo de segurança. “E quando você empresta, o banco pega esse dinheiro e repassa para empresas, um lucro direto para o banco e que poderia ser do investidor”, detalha. Além disso, ele lembra que outra maneira de perder dinheiro é deixar parado em conta corrente, o que cerca de 20% das pessoas fazem, perdendo poder aquisitivo.

Em junho de 2019, afirma Portella, havia R$ 795 bilhões aplicados na poupança, dados oficiais do Banco Central. Ele lembra que tem 13 milhões de brasileiros que vivem na extrema pobreza, que não têm a menor condição de poupar. De outro lado, esse tipo de investimento é mantido por uma grande parcela da população que trabalha, não ganha salário alto, mas tem condição de guardar um dinheiro e desconhece isso. Portella cita mais dados: 45% da população conhece três ou mais tipos de investimento e 32%, apenas a poupança. Poucos conhecem investimento em títulos públicos, por exemplo, ou previdência privada, que é uma necessidade. Além disso, ele lembra que muitas aplicações baixaram o valor de entrada para o início do investimento.

Para ele, o governo não esclarece a população sobre como poupar dinheiro, o que é bom apenas para os bancos. “É necessária a educação financeira em vários níveis, desde a escola, nas empresas, nas faculdades, espalhando esse conhecimento”, sugere Portella.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.