Momento Sociedade #20: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas comemora 85 anos

Em sua fundação, a FFLCH contou com importantes nomes estrangeiros da ciência, como Claude Lévi-Strauss e Fernand Braudel. Depois, ocuparam suas cátedras intelectuais fundamentais para a constituição de um pensamento original brasileiro. Florestan Fernandes, Sérgio Buarque de Holanda e Fernando Henrique Cardoso, entre eles

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=290656

Momento Sociedade #20: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas comemora 85 anos
Momento Sociedade - USP

 
 
00:00 / 7:01
 
1X
 

Em 25 de janeiro de 1934 nascia a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL). Apesar da derrota bélica da Revolução Constitucionalista de 32, paulistas usaram o conflito para ensejar a criação de um centro de formação intelectual. A FFCL surgiu como um elo entre as já existentes Faculdade de Direito (FD), Escola Politécnica (Poli), Faculdade de Odontologia (FO) e Faculdade de Medicina (FM), dando origem à USP como hoje é conhecida. Nos dias 2, 3 e 4 de dezembro, a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) comemora os 85 anos de origem da sua precursora.

“A FFCL deu origem não só à FFLCH, como também aos atuais Instituto de Biologia (IB), Instituto de Física (IF), Instituto de Matemática e Estatística (IME), Instituto de Geociências (IGc), Instituto de Química (IQ), Instituto de Psicologia (IP) e à Faculdade de Educação (FE)”, conta José Luiz Portella, doutorando de História Econômica na FFLCH. Entres as comemorações, há um colóquio sobre o legado da FFCL. Por isso, todas essas unidades da USP representarão suas áreas na construção desse inestimável patrimônio científico e cultural.

O desmembramento da FFCL ocorreu na transferência da unidade, da Rua Maria Antonia ao campus do Butantã. A mudança se deu após a ocupação da faculdade pelos estudantes, em 1968, em pleno regime militar. A peça Prova de Fogo foi escrita nesse período de inquietação e pareceu prever o conflito entre alunos da USP e da Faculdade Presbiteriana Mackenzie, conhecido como a Batalha da Maria Antonia. Haverá leitura teatral do texto, após a apresentação do vídeo institucional Patrimônio Inestimável, no Anfiteatro Camargo Guarnieri.

As cerimônias também homenageiam grandes nomes da história da FFCL. Em sua fundação, a unidade contou com importantes nomes estrangeiros da ciência, como Claude Lévi-Strauss e Fernand Braudel. Depois, ocuparam suas cátedras intelectuais fundamentais para a constituição de um pensamento original brasileiro. Florestan Fernandes, Sérgio Buarque de Holanda e Fernando Henrique Cardoso, entre eles. Os colóquios, conferências e apresentações estão distribuídos em toda FFLCH.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.