Momento Sociedade #18: Vulnerabilidade nos grandes centros urbanos

José Luiz Portella, pesquisador da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, fala sobre a vulnerabilidade nos grandes centros urbanos. O pesquisador discorre sobre a questão da manutenção da infraestrutura das cidades, do sucateamento do funcionalismo público e outros fatores que contribuem para o aumento de acidentes.

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=287473

Momento Sociedade #18: Vulnerabilidade nos grandes centros urbanos
Momento Sociedade - USP

 
 
00:00 / 8:26
 
1X
 

O Momento Sociedade desta semana, com o pesquisador José Luiz Portella, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, trata sobre a vulnerabilidade nos grandes centros urbanos, como as enchentes e os problemas de infraestrutura.

Na cidade de São Paulo, há em média 84 acidentes por dia, aponta dados do Infosiga destacados pelos pesquisador. A grande maioria desses acidentes ocorrem no trânsito. O pesquisador aponta para a falta de manutenção nas vias urbanas, passarelas e viadutos – fator que aumenta consideravelmente o número de acidentes. A falta de manutenção não é exclusividade de áreas ligadas a mobilidade e urbanização, mas sim algo generalizado nos grandes centros urbanos.

Segundo Portella, a falta de manutenção é explicada em parte por uma ausência de planejamento a longo prazo. “Toda vez que uma obra é inaugura sem que se guarde recursos para sua manutenção, vai dar problema”, enfatiza. No caso dos hospitais, o fato é bastante evidente. Depois de quatro anos da inauguração de um hospital, ele passa a gastar 90% do valor da obra em custos de operação e manutenção.

Há também problemas na legislação, ou melhor em segui-la. Portella aponta que 75% dos comércios do município de São Paulo apresentam alguma irregularidade que contribui para a vulnerabilidade da cidade. Por fim, há um sucateamento do funcionalismo público, minando a capacidade de fiscalização e ação do poder público.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.