Momento Sociedade #13: Manutenção é chave para evitar deterioração do sistema viário público

O Momento Sociedade desta semana aborda o estado de nosso viário público, com buracos e pavimento ruim e os problemas que causam não só para carros, como para o trânsito e os pedestres.  Para José Luiz Portella, é importante ter órgãos técnicos para fiscalizar, mas a população também precisa cobrar

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=275612

Momento Sociedade #13: Manutenção é chave para evitar deterioração do sistema viário público
Momento Sociedade - USP

 
 
00:00 / 9:54
 
1X
 

O Momento Sociedade desta semana aborda o estado de nosso viário público, com buracos e pavimento ruim e os problemas que causam não só para carros, como para o trânsito e os pedestres. 

“É um problema mais grave do que parece. Incomoda pelo desconforto no veículo (qualquer que seja, num ônibus, no carro, na moto) e pelo visual de degradação. O fato atinge fortemente o fluxo de veículos, o trânsito”, aponta o doutorando em História Econômica José Luiz Portella, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). 

A chave do erro é a manutenção, associada a algo menor, mas que tem grande importância para a política pública. “Você faz uma obra e raramente a manutenção daquela obra é prevista no orçamento seguinte, o que gera a deterioração por falta de verba”, explica Portella.

O papel do cidadão para mudar esse cenário advém de três maneiras. Primeiro, cumprir com sua parte na preservação. Segundo, fazer a reclamação, que tem uma via muito rápida por conta do sistema digital. Terceiro, levar o aspecto em conta na eleição. “Quanto as pessoas falam de manutenção? É zero. Ninguém cobra isso”, afirma Portella, que completa: “A manutenção é construção de algo novo, que estava deteriorado e volta a ficar nova”.  

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.