Momento Cidade #23: Como a Prefeitura de São Paulo pode se comunicar melhor?

Para Wagner Rocha, uma comunicação pública mais bem planejada contribuiria no combate à desinformação

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=328665

Momento Cidade #23: Como a Prefeitura de São Paulo pode se comunicar melhor?
Momento Cidade - USP

 
 
00:00 / 10:00
 
1X
 

A expansão acelerada da internet como nosso principal meio de comunicação nos leva, diariamente, a lidar com novos fenômenos e formas de nos mantermos informados. Nesse contexto, comunicações oficiais que afetam nossa vida são atravessadas por ruídos, fake news e descrença em veículos oficiais ou até mesmo no jornalismo. Por isso, mais do que nunca, os órgãos públicos precisam encontrar novas maneiras de comunicar decisões e medidas aos seus cidadãos de forma eficiente. 

No Momento Cidade desta semana, conversamos com o pesquisador Wagner Rocha, autor da dissertação Comunica SP: Desafios para o Desenvolvimento de um Plano de Comunicação Pública da Prefeitura de São Paulo, defendida na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP. Ao perceber a ausência de trabalhos sobre comunicação pública na academia, Rocha se debruçou sobre a questão para entender melhor as tentativas da Prefeitura de São Paulo para se comunicar com a sua população. 

O estudo analisou o projeto Comunica SP, parte do Plano de Metas da cidade, que utilizava o Facebook como principal canal. Com boas intenções e diversas falhas, o Comunica SP representou um pequeno passo em direção a uma comunicação mais estruturada que, ainda hoje, continua descentralizada e à mercê das mudanças de gestão. Para o pesquisador, a comunicação é mais que informação. “A informação faz parte da comunicação, mas a comunicação abrange uma relação de diálogo mesmo, que tem que ser estabelecida entre governo e sociedade”, reforça. 

Indo além da famosa Voz do Brasil, que pelo rádio transmite as comunicações oficiais do governo federal desde 1935, Rocha defende que, nos tempos atuais, é necessário que órgãos públicos centralizem seus planos de comunicação, criando canais estruturados que utilizem as inúmeras novas mídias que, se vistas com respeito e confiança pela população, poderiam contribuir no combate à desinformação.

Para ele, ter um plano de comunicação que dissemine com eficiência as informações oficiais, independentemente das vontades das gestões vigentes, é crucial “para que a população possa exercer os seus direitos, utilizar serviços públicos e participar da administração governamental”, finaliza. 

A dissertação completa pode ser acessada neste link.

Ouça o podcast na íntegra no player acima. Siga no Spotify, no Apple Podcasts ou seu aplicativo de podcast favorito.

Ficha técnica

Reportagem: Giovanna Stael
Produção: Denis Pacheco
Edição: Guilherme Fiorentini


Momento Cidade
O Momento Cidade vai ao ar na Rádio USP, quinzenalmente, sextas-feiras, às 8h05 na Rádio USP – São Paulo 93,7 MHz e Ribeirão Preto 107,9 MHz e também nos principais agregadores de podcast

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.