Manhã com Bach #76: Fugas de Bach revelam influência de Albinoni

Famoso por suas óperas, músico de Veneza foi uma das inspirações italianas para o compositor alemão

Por
Jornal da USP
Jornal da USP
Manhã com Bach #76: Fugas de Bach revelam influência de Albinoni
/

Três composições criadas por Bach sob influência do compositor italiano Tomaso Albinoni (1671-1751) foram apresentadas no programa Manhã com Bach, da Rádio USP (93,7 MHz), nos dias 24 e 25 de julho de 2021. Elas são a Fuga para Cravo em Dó Maior (BWV 946), a Fuga para Cravo em Lá Menor (BWV 950) e a Fuga para Cravo em Si Menor (BWV 951). O programa exibiu ainda a cantata Ein Herz, das seinen Jesum lebend weiss, “Um coração que sabe que seu Jesus vive” (BWV 134).

Como foi falado no programa, Bach teve contato com a música italiana na corte de Weimar – onde atuou como músico entre 1708 e 1717 -, graças a partituras trazidas do exterior por membros daquela corte. Nessas partituras havia principalmente obras de Antonio Vivaldi (1678-1741) e de Albinoni. As fugas ouvidas em Manhã com Bach estão baseadas em temas das Trio Sonatas, opus 1, números 12, 3 e 9, de Albinoni, respectivamente. Nascido em Veneza, Albinoni ficou famoso em sua época como autor de óperas.

Ouça no link acima a íntegra do programa.

Dedicado à divulgação da música do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750), Manhã com Bach vai ao ar pela Rádio USP (93,7 MHz) sempre aos sábados, às 9 horas, com reapresentação no domingo, também às 9 horas, inclusive via internet, através do site da emissora. Às segundas-feiras ele é publicado em formato de podcast na área de podcasts do Jornal da USP.

As edições anteriores de Manhã com Bach estão disponíveis neste link.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.