Manhã com Bach #63: “Concertos de Brandenburgo” têm influência de Vivaldi

O “concerto veneziano” estabelecido pelo compositor italiano está na base das famosas peças orquestrais de Bach

Por
Jornal da USP
Manhã com Bach #63: "Concertos de Brandenburgo" têm influência de Vivaldi
/

O concerto surgiu na Itália na segunda metade do século 17 e se tornou o mais popular e importante gênero de música instrumental da época. Depois de fazer sucesso em Roma, os concertos de Arcangelo Corelli (1653-1713) foram suplantados – ainda que não totalmente – pelo estilo de concerto introduzido em Bologna por Giuseppe Torelli (1658-1709). Influenciados por Torelli, os compositores Tomaso Albinoni (1671-1750) e Antonio Vivaldi (1678-1741) estabeleceram um novo tipo de concerto, em três movimentos e com a estrutura em ritornelo – aquela em que um trecho da composição sempre retorna, como um estribilho -, que ficou conhecido como “concerto veneziano”.

Foi esse tipo de concerto  – principalmente o desenvolvido por Vivaldi – que mais influenciou Bach na composição dos seis Concertos de Brandenburgo (BWV 1046-1051), que foram dedicados ao margrave de Brandenburgo, Christian Ludwig, no dia 24 de março de 1721 – portanto, há exatos 300 anos.

Essa data está sendo comemorada pelo programa Manhã com Bach, da Rádio USP (93,7 MHz), que ao longo de seis edições apresenta essas obras instrumentais de Bach, acompanhadas por comentários extraídos do livro Bach – The Brandenburg Concertos, escrito pelo musicólogo britânico Malcolm Boyd e publicado em 1993 pela Cambridge University Press.

No segundo episódio dessa série, nos dias 24 e 25 de abril de 2021, Manhã com Bach exibiu o Concerto de Brandenburgo Número 2 em Fá Maior (BWV 1047). Além dele, foi apresentada também a cantata Ärgre dich, o Seele, nicht, “Não te chateia, ó alma” (BWV 186).

Ouça no link acima a íntegra do programa.

Dedicado à divulgação da música do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750), Manhã com Bach vai ao ar pela Rádio USP (93,7 MHz) sempre aos sábados, às 9 horas, com reapresentação no domingo, também às 9 horas, inclusive via internet, através do site da emissora. Às segundas-feiras ele é publicado em formato de podcast na área de podcasts do Jornal da USP.

As edições anteriores de Manhã com Bach estão disponíveis neste link.

 

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.