Manhã com Bach #61: “Paixão Segundo São João” tem “a beleza de uma ideia filosófica”

Para Albert Schweitzer, obra de Bach expressa reflexão do “Evangelho de João” sobre “a divindade na humildade”

Por
Jornal da USP
Manhã com Bach #61: “Paixão Segundo São João” tem "a beleza de uma ideia filosófica”
/

A Paixão Segundo São João (BWV 245), de Johann Sebastian Bach, é a expressão fiel do Evangelho de João, que, diferente dos outros três Evangelhos – de Mateus, Marcos e Lucas -, coloca a ênfase na origem divina de Jesus Cristo. Por isso, a beleza dessa Paixão é severa e quase austera, uma beleza “inteligível” como a beleza de uma ideia filosófica. É o que afirma o músico, musicólogo, filósofo e teólogo franco-alemão Albert Schweitzer (1875-1965), um dos grandes especialistas em Bach do século 20, no seu livro J. S. Bach – Le Musicien-Poète. Para ele, a música de Bach é filosófica como o Evangelho de João, que constitui fundamentalmente “uma meditação sobre a revelação da divindade na humildade”.

Esse comentário de Schweitzer foi reproduzido no programa Manhã com Bach, da Rádio USP (93,7 MHz), transmitido nos dias 10 e 11 de abril de 2021. O programa concluiu a audição da Paixão Segundo São João, obra com cerca de duas horas de duração que foi apresentada ao longo de três edições de Manhã com Bach.

Nos trechos finais da Paixão ouvidos no programa, Jesus fala suas últimas palavras na cruz – Es ist vollbracht (“Está consumado”) – e morre, um soldado abre o lado de Jesus com uma lança e José de Arimateia pede autorização ao governador Pôncio Pilatos para tirar o corpo de Jesus da cruz, no que é atendido. O corpo é envolvido em lençóis com aromas e depositado num sepulcro perto do local onde Jesus tinha sido crucificado.

No último movimento dessa obra monumental, o coral faz uma oração:

Ach Herr, lass dein lieb Engelein                                              Ah, Senhor, deixa teus amados anjinhos

Am letzten End die Seele mein                                                  Nos últimos tempos a minha alma

In Abrahams Schoß tragen.                                                        Levarem para o seio de Abraão.

Alsdenn vom Tod erwecke mich,                                              Quando me despertares da morte,

Dass meine Augen sehen dich                                                   Que meus olhos te vejam

In aller Freud, o Gottes Sohn,                                                   Com toda alegria, ó, filho de Deus,

Mein Heiland und Genadenthron!                                          Meu salvador e trono de graça!

Herr Jesu Christ, erhöre mich,                                                Senhor Jesus Cristo, ouve-me,

Ich will dich preisen ewiglich!                                                 Eu quero te louvar eternamente.

Ouça no link acima a íntegra do programa.

Dedicado à divulgação da música do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750), Manhã com Bach vai ao ar pela Rádio USP (93,7 MHz) sempre aos sábados, às 9 horas, com reapresentação no domingo, também às 9 horas, inclusive via internet, através do site da emissora. Às segundas-feiras ele é publicado em formato de podcast na área de podcasts do Jornal da USP.

As edições anteriores de Manhã com Bach estão disponíveis neste link.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.