Manhã com Bach #39: Estilo das cantatas de Bach se deve ao poeta Erdmann Neumeister

Compositor adotou a forma das cantatas seculares italianas introduzida na Alemanha no início do século 18

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=368693

Manhã com Bach #39: Estilo das cantatas de Bach se deve ao poeta Erdmann Neumeister
Manhã com Bach - USP

 
 
00:00 / 58:10
 
1X
 

No início do século 18, o pastor e poeta luterano Erdmann Neumeister (1671-1756) introduziu na Alemanha um estilo de compor cantatas inspirado nas cantatas seculares italianas, que eram obras baseadas nos madrigais – canções a várias vozes, com versos livres – e dotadas de recitativos e árias. Bach adotou esse estilo em 1714, na corte de Weimar, e não mais o abandonou: as mais de 200 cantatas hoje preservadas que o compositor criou a partir de então têm a forma popularizada por Neumeister. As cantatas anteriores de Bach, compostas na cidade de Mühlhausen – das quais seis estão preservadas -, são diferentes: elas se baseiam nos antigos motetos, composições polifônicas surgidas na Idade Média.

Exemplo do estilo introduzido por Neumeister e adotado por Bach é a cantata Gottlob! nun geht das Jahr zu Ende, “Louvai a Deus! Agora o ano vai para o fim” (BWV 28), que foi apresentada no programa Manhã com Bach, da Rádio USP (93,7 MHz), nos dias 7 e 8 de novembro de 2020. O programa exibiu ainda a Sonata para Flauta em Lá Maior (BWV 1032) e o Concerto para Três Cravos em Dó Maior (BWV 1064).

Ouça no link acima a íntegra do programa.

Dedicado à divulgação da música do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750), Manhã com Bach vai ao ar pela Rádio USP (93,7 MHz) sempre aos sábados, às 9 horas, com reapresentação no domingo, também às 9 horas, inclusive via internet, através do site da emissora. Às segundas-feiras ele é publicado em formato de podcast na área de podcasts do Jornal da USP.

As edições anteriores de Manhã com Bach estão disponíveis neste link.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.