Manhã com Bach #36: “Curiosas variações” de Bach “confundiam” fiéis em Arnstadt

“Manhã com Bach” exibe prelúdio que provocou “estranheza” na igreja em que o compositor era organista

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=363365

Manhã com Bach #36: “Curiosas variações” de Bach “confundiam” fiéis em Arnstadt
Manhã com Bach - USP

 
 
00:00 / 57:28
 
1X
 

Em 1703, aos 18 anos de idade, Johann Sebastian Bach (1685-1750) conseguiu seu primeiro emprego como músico profissional, tornando-se organista da Neue Kirche (Igreja Nova), na cidade de Arnstadt, no leste da Alemanha.

Porém, logo nos primeiros meses começaram a ocorrer conflitos entre Bach e o conselho da igreja. Os membros do conselho estranharam as “curiosas variações e notas estranhas” que o jovem compositor usava em seus prelúdios corais. Para eles, isso confundia os fiéis.

Uma das obras que provocaram essa reação do conselho da Neue Kirche foi Prelúdio e Fuga em Mi Menor (BWV 533), que o programa Manhã com Bach apresentou nos dias 17 e 18 de outubro de 2020.

O programa exibiu também a Suíte Orquestral Número 1 em Dó Maior (BWV 1066) e a cantata Es ist dir gesagt, Mensch, was gut ist, “Foi-te dito, homem, o que é bom” (BWV 45).

Ouça no link acima a íntegra do programa.

Manhã com Bach vai ao ar pela Rádio USP (93,7 MHz) sempre aos sábados, às 9 horas, com reapresentação no domingo, também às 9 horas, inclusive via internet, através do site da emissora. Às segundas-feiras ele é publicado em formato de podcast na área de podcasts do Jornal da USP.

As edições anteriores de Manhã com Bach estão disponíveis neste link.

 

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.