Manhã com Bach #136: Bíblia de Bach conserva anotações do compositor

Marcas dão vislumbre das crenças pessoais de Bach e de como ele entendia sua vocação, diz especialista

Por
Manhã com Bach - USP
Manhã com Bach - USP
Manhã com Bach #136: Bíblia de Bach conserva anotações do compositor
/

Únicos livros da biblioteca particular de Johann Sebastian Bach que estão preservados, os três volumes da Bíblia Calov – assim chamada porque foi editada pelo teólogo luterano alemão Abraham Calov (1612-1686) – conservam 25 anotações do compositor feitas nas margens das páginas, além de mais de 300 grifos, sublinhamentos e outras marcas de destaque.

Essas anotações oferecem um vislumbre das crenças pessoais de Bach e de como ele entendia a sua vocação, de acordo com o professor britânico Robin Leaver, autor do livro J. S. Bach and Scripture: Glosses from the Calov Bible Commentary (J. S. Bach e a Escritura – Glosas do Comentário da Bíblia de Calov), publicado em 1985. Elas evidenciam também a devoção do compositor, que impregna toda a sua obra, mesmo aquela não destinada ao serviço religioso.

Na página de rosto da Bíblia, Bach colocou sua assinatura e o ano em que adquiriu o volume, 1733 (no canto inferior direito) – Foto: cortesia do Concordia Seminary, St. Louis

Exemplo disso é a Suíte para Violoncelo Número 2 em Ré Menor (BWV 1008), apresentada nesta edição do podcast Manhã com Bach, que exibiu também a cantata Man singet mit Freuden vom Sieg, “Cante-se com alegria pela vitória” (BWV 149).

Bach utilizou tinta preta ou vermelha para fazer suas anotações na Bíblia – Foto: cortesia do Concordia Seminary, St. Louis

Como é dito no podcast, numa de suas anotações, feita na margem do capítulo 25 do primeiro livro das Crônicas, Bach escreveu: “Este capítulo é a verdadeira fundação de toda a música de igreja agradável a Deus”. A Bíblia Calov que pertenceu a Bach está guardada atualmente no Concordia Seminary, em Saint Louis, no Missouri, nos Estados Unidos.

Os três volumes da Bíblia que pertenceram a Bach são os únicos livros da biblioteca particular do compositor que estão preservados – Foto: cortesia do Concordia Seminary, St. Louis

Ouça o podcast no link acima.

Este podcast reproduz o programa Manhã com Bach, da Rádio USP (93,7 MHz), transmitido nos dias 17 e 18 de setembro de 2022. Dedicado à divulgação da música do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750), Manhã com Bach vai ao ar pela Rádio USP (93,7 MHz) sempre aos sábados, às 9 horas, com reapresentação no domingo, também às 9 horas, inclusive via internet, através do site da emissora. Às segundas-feiras ele é publicado em formato de podcast no site do Jornal da USP.

As edições anteriores do podcast Manhã com Bach estão disponíveis neste link.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.