Jornadas com Beethoven #17: Da Alemanha para a Hungria – “Concerto para piano nº 4”

Último programa do mês de junho trata dos concertos de Beethoven e de Béla Bartók

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=333887

Jornadas com Beethoven #17: Da Alemanha para a Hungria – “Concerto para piano nº 4”
Jornadas com Beethoven

 
 
00:00 / 1:04:42
 
1X
 

O Concerto para piano nº 4 e a Sinfonia Eroica, de Beethoven, foram compostos na mesma época e partem de um impulso em comum. Nesse concerto o compositor reafirma sua insubordinação às convenções musicais do período clássico ao não tratar o piano como uma via para se reexpor os materiais apresentados pela orquestra, mas sim equiparar os papéis de ambos. Ao integrar esses dois opostos (o tutti orquestral e o solo pianístico) no fluir do discurso musical, Beethoven criou um novo tipo de concerto que foi fundamental para os compositores futuros. Dentre eles, citamos o caso do húngaro Béla Bartók, cujo Concerto para Piano nº 3, escrito em 1945, dialoga estritamente com o segundo movimento do Concerto nº 4 de Beethoven.

Neste programa, são apresentadas duas obras, mostrando suas similaridades:

Concerto para piano nº 4, composto por Ludwig van Beethoven;

Concerto para piano nº 3, composto por Béla Bartók.

Créditos do programa:

Roteiro, apresentação e montagem: Vitor Ramirez

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.