Fake News não Pod #37: É falsa a informação de que a imunidade natural seria melhor que a induzida pelas vacinas

Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou boletim com a informação de que evidências mais recentes indicam que a infecção natural pode proporcionar uma proteção semelhante à da vacinação durante o período estudado

Jornal da USP
Jornal da USP
Fake News não Pod #37: É falsa a informação de que a imunidade natural seria melhor que a induzida pelas vacinas
/

Circula nas redes sociais um vídeo em que Nick Karl, um suposto cientista da Pfizer,  afirma que a imunidade natural, gerada pela infecção com o SARS-Cov-2, é melhor que a imunidade gerada pelas vacinas. 

O vídeo foi originalmente publicado no youtube por um canal antivacina americano, intitulado Projeto Veritas. O podcast Fake News não Pod desta semana apurou que é falsa a informação divulgada pelo vídeo de que a imunidade natural seria melhor que a induzida pelas vacinas. O que se pode afirmar até, agora de acordo com um informe publicado em maio deste ano pela Organização Mundial da Saúde (OMS),  é que “as evidências mais recentes indicam que a infecção natural pode proporcionar uma proteção semelhante à da vacinação contra os sintomas da doença, pelo menos durante o período de acompanhamento já estudado”. Contudo,  ainda não sabe qual seria a duração dessa imunidade e a proteção contra a reinfecção.  

O site americano de verificação de fatos, Media Bias/Fact Check, classificou o Projeto Veritas como sendo de baixa credibilidade, o projeto também já foi acusado de filmar sem consentimento, realizar edições seletivas, utilizar imagens fora de contexto e espalhar informações falsas.

Como a infecção pela covid-19 reconhecidamente pode ter efeitos de longo prazo, que incluem sequelas neuropsiquiátricas, cardíacas e respiratórias, a vacinação é extremamente necessária para evitar essas manifestações. Segundo uma reportagem publicada na CNN Brasil, o custo de internação de uma pessoa na UTI por covid-19 equivale a 2 mil doses da vacina AstraZeneca, portanto a vacinação também é uma estratégia de saúde pública essencial para proteger a população.

Portanto, busque informações em fontes confiáveis, e não deixe de se vacinar. 


Fake News não Pod
Produção: Vydia Academics, Pretty Much Science (PMScience),
Projeto: João Fake News (bit.ly/JoaoFakeNews).
Roteirista e apresentadora: Laura Colete Cunha
Coprodução e Edição: Rádio USP Ribeirão Preto

 

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.