Diversidade em Ciência #3: Marina Carvalho Guedes fala sobre questões ambientais e culturais em viagens pelo oceano Pacífico

Marina tem viajado pelos mares com a perspectiva de pensar questões ambientais. Ela lançou o podcast Maré Sonora, em que fala sobre ciência, conservação ambiental e navegação

Por
Jornal da USP
Jornal da USP
Diversidade em Ciência #3: Marina Carvalho Guedes fala sobre questões ambientais e culturais em viagens pelo oceano Pacífico
/

Nesta edição o professor Ricardo Alexino Ferreira entrevista a argonauta Marina Carvalho Guedes, jornalista especializada em Divulgação e Jornalismo Científico pelo Instituto Leônida e Maria Deane da Fiocruz de Manaus.

Durante a especialização, Marina desenvolveu a pesquisa Projeto Adote Abrolhos como modelo para as iniciativas ambientais amazônicas. Em Manaus, onde viveu por mais de dez anos atuando como jornalista, Marina se interessou pelas questões ambientais. O seu deslocamento da floresta para o mar foi uma questão de tempo.

A partir da pesquisa defendida na especialização, a viagem pelo oceano Pacífico foi quase uma consequência e durou mais de quatro anos, a bordo do veleiro de 41 pés (pouco mais de 12 metros) chamado Meccetroy, expressão italiana que significa “se quiser me achar, é aqui onde estarei”. “O meu nome, Marina, já indica o interesse pelos mares”, explica.

Marina tem viajado pelos mares com a perspectiva de pensar questões ambientais e é sobre isso que irá falar no Diversidade em Ciência. Ela falará também sobre a criação do podcast de divulgação científica Maré Sonora, que aborda temas como ciência, conservação ambiental e navegação.

O Diversidade em Ciência é um programa de divulgação científica, voltado para as ciências das diversidades e direitos humanos e vai ao ar todas às segundas-feiras, às 13 horas, com reapresentações às terças-feiras, às duas da manhã e aos sábados, às 14 horas, com direção e apresentação do jornalista, professor da USP e membro da Comissão de Direitos Humanos da USP Ricardo Alexino Ferreira e operação de áudio de João Carlos Megale. A Rádio USP pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP ou pelo link: http://jornal.usp.br/radio/

 

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.