Diálogos na USP #41: Os atuais desafios de Cuba, 60 anos após a Revolução

O Partido Comunista dominou a vida política e social da ilha, não abrindo espaço para opositores do regime. Milhares de cubanos saíram às ruas, no domingo, 11, para protestar contra o atual regime, num movimento histórico

Por
Jornal da USP
Jornal da USP
Diálogos na USP #41: Os atuais desafios de Cuba, 60 anos após a Revolução
/

O Diálogos na USP abordou os recentes protestos realizados em Cuba. O primeiro em mais de 60 anos depois da Revolução Cubana, movimento popular que atuava na região da ilha de Sierra Maestra e teve como lideranças Fidel Castro e Ernesto Che Guevara. O Partido Comunista dominou a vida política e social da ilha, não abrindo espaço para opositores do regime.

Na manifestação, as pessoas, em cerca de 20 vilarejos e cidades, protestaram, aos gritos de “liberdade e abaixo a ditadura”, levando o presidente Miguel Diáz à televisão e convocar apoiadores, com o objetivo de tomarem as ruas e confrontarem os protesto. Diáz atribui as manifestações ao embargo dos Estados Unidos e às medidas tomadas por Donald Trump.

Para discutir sobre os atuais desafios de Cuba, os convidados são Osvaldo Luis Angel Coggiola, professor titular de História Contemporânea da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, e Sílvia Cezar Miskulin, professora de História da Faculdade de Mogi da Cruzes, com pós-doutorado em História pela Universidade de São Paulo.

O programa Diálogos na USP, tradicionalmente apresentado na Rádio USP, agora também está no Canal USP. No programa, os jornalistas Marcello Rollemberg e Luiz Roberto Serrano recebem especialistas para refletir sobre os fatos de destaque na sociedade.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.