Ciência USP #29: Da luneta ao telescópio Hubble

A observação do cometa Neowise, a descoberta de galáxias distantes e a expectativa pela fase de supernova da Betelgeuse têm algo em comum. É o uso do telescópio, a verdadeira estrela deste episódio. E no boletim da covid-19, falamos sobre o ar condicionado: é vilão ou herói na prevenção ao coronavírus?

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=347908

Ciência USP #29: Da luneta ao telescópio Hubble
Ciência USP

 
 
00:00 / 24:28
 
1X
 

Olhar para o céu é algo que os seres humanos fazem há milhares e milhares de anos. Mas foi só nos últimos quatro séculos que nossos olhos ganharam um companheiro de observação do Universo: o telescópio, que é a verdadeira estrela deste episódio do Ciência USP.

Lembramos de algumas descobertas importantes que foram feitas graças à ajuda dos telescópios, desde a luneta de Galileu Galilei até o famosíssimo Hubble, que completou 30 anos em 2020. Para isso, conversamos com Thiago Signorini Gonçalves, professor do Observatório do Valongo, da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Também contamos como será o Grande Telescópio de Magalhães (GMT), que está em construção no Chile. O Brasil participa do projeto do GMT por meio da Fapesp e a coordenação da equipe brasileira é feita por professores do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP. Um deles é o João Steiner, que também tem uma coluna sobre astronomia na Rádio USP.

Mas não para por aí. No nosso boletim da covid-19, falamos sobre o papel do ar condicionado durante a pandemia. Será que ele é vilão ou herói na prevenção ao coronavírus? Levamos a pergunta ao Arthur Aikawa, engenheiro e CEO da Omni-Electronica, uma startup residente no Cietec, incubadora ligada à USP e ao Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen). A startup desenvolveu um dispositivo de monitoramento da qualidade do ar que tem ajudado nas pesquisas do Hospital das Clínicas.

Apresentação: Silvana Salles
Produção: Gabriel Guerra e Silvana Salles
Edição de som: Guilherme Fiorentini e Beatriz Juska

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.