Ciência USP #24: As faces da violência contra a mulher

Violências mais sutis do que a agressão física e o feminicídio podem ser difíceis de identificar. Este episódio de Ciência USP aborda o fenômeno da violência contra a mulher. E mais: um bate-papo sobre epidemias, jornalismo e coronavírus.

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=304172

Ciência USP #24: As faces da violência contra a mulher
Ciência USP

 
 
00:00 / 23:48
 
1X
 

Existem diferentes tipos de violência contra a mulher, desde a sujeição à dependência financeira até o feminicídio. Nem sempre eles são fáceis de identificar. Nesta semana que antecede o Dia Internacional da Mulher, Ciência USP conversou com especialistas que estudam o tema da violência de gênero. E contamos a história de Lara*, uma mulher conseguiu romper com o ciclo da violência.

Além de agressões físicas, existem outros tipos de violência – a emocional e psicológica, por exemplo – e que às vezes ficam camufladas por sentimentos de posse ou de ciúmes por parte do agressor.

Em 2019, a pesquisa “Visível e Invisível: A vitimização de mulheres no Brasil”, realizada pelo Datafolha a pedido do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, com patrocínio do Fundo de Defesa dos Direitos Difusos e governo federal, mostrou que 21,8% (12,5 milhões) foram vítimas de ofensa verbal, como insulto, humilhação ou xingamento.

Também trazemos um bate-papo sobre epidemias, jornalismo e coronavírus. Como está a cobertura da imprensa sobre o covid-19? Quem responde à pergunta é Cláudia Malinverni, que trabalha 20 anos com comunicação em saúde e é doutora em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP. Ela pesquisa as epidemias midiáticas.

Ficha técnica
Apresentação: Silvana Salles
Produção: Ivanir Ferreira, Tabita Said e Silvana Salles
Reportagem: Ivanir Ferreira e Tabita Said
Edição de Som: Guilherme Fiorentini

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.