Brasil Latino: Matheus Oliveira e Federico Servideo e a Argentina na covid-19

A atuação do presidente argentino Alberto Fernández no combate à pandemia tem sido bem aceita em seu país. Passada a fase mais aguda da crise sanitária, ele terá que voltar suas ações para resolver outra doença grave e crônica da Argentina: a economia

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=340152

Brasil Latino: Matheus Oliveira e Federico Servideo e a Argentina na covid-19
Brasil Latino

 
 
00:00 / 57:34
 
1X
 

Com medidas duras e rápidas no enfrentamento da pandemia, o presidente argentino Alberto Fernández superou a polarização das últimas eleições e saltou um bom número de casas rumo à popularidade. Seus índices de aceitação cresceram com o baixo número de óbitos e a demonstração de empatia com o sofrimento das pessoas infectadas. Com um discurso direto, ele ofuscou até mesmo a sua principal sombra: a aliada e vice-presidente Cristina Kirchner.

Apesar do bom momento, Fernández terá um grande desafio pela frente. Após a fase mais aguda da crise sanitária, ele terá que voltar suas ações para combater outra doença grave e crônica da Argentina: a economia. O quadro econômico já vinha cambaleando no final do governo de Mauricio Macri, cujas medidas liberalizantes paralisaram ainda mais os investimentos e a oferta de empregos. A dívida externa ultrapassa em muito a capacidade de pagamento, o que está levando o governo a promover sucessivas renegociações com os credores internacionais. As reservas cambiais já estão comprometidas com dívidas futuras.

Para debater esse quadro, esta edição do Brasil Latino reuniu Matheus Oliveira, que desenvolve pesquisa sobre política externa argentina no programa San Tiago Dantas da Unesp, e Federico Servideo, empresário e presidente da Câmara de Comércio Argentina-Brasil de São Paulo.


Brasil Latino

O Brasil Latino vai ao ar toda segunda-feira, às 17h, pela Rádio USP FM 93,7Mhz (São Paulo) e Rádio USP FM 107,9 (Ribeirão Preto). As edições do programa estão disponibilizadas em @brlatino, nos podcasts do Jornal da USP (jornal.usp.br) e nos agregadores de áudio como Spotify, iTunes e Deezer.

. 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.