Brasil Latino: Franklin Martins e a política em movimento

Jornalista e ex-comentarista da TV Globo fala sobre a situação do Brasil e as perspectivas da América Latina

Jornal da USP
Jornal da USP
Brasil Latino: Franklin Martins e a política em movimento
/

Participante de um dos episódios mais emblemáticos da luta contra a ditadura militar – o sequestro do embaixador norte-americano Charles Burke Elbrick, em setembro de 1969 –, Franklin Martins passou 11 anos de sua vida entre a clandestinidade e o exílio. De volta ao Brasil com a Lei da Anistia, em 1979, se tornou um dos jornalistas mais respeitados do País com passagens pelos principais veículos de imprensa como a TV Globo, Rádio CBN, Jornal do Brasil e TV Bandeirantes.

Nesta entrevista ao Brasil Latino, ele fala da conjuntura nacional e latino-americana e acena com a necessidade de retomada de um ciclo de desenvolvimento onde a inclusão dos mais pobres seja prioridade. Para Franklin, o Brasil se encontra num abismo social e aponta a responsabilidade da elite brasileira que apoiou a eleição do presidente Jair Bolsonaro com a intenção de domesticá-lo depois. “A ideia não deu certo, como se viu”, afirma.

Em relação à América Latina, Franklin vê um cenário positivo. A eleição de Gabriel Boric, no Chile, e a retomada de governos por partidos progressistas, como é o caso da Bolívia, sinalizam uma força em movimento que poderá, inclusive, chegar ao Brasil nas eleições de outubro deste ano.


Brasil Latino

O Brasil Latino vai ao ar toda segunda-feira, às 17h, pela Rádio USP FM 93,7Mhz (São Paulo) e Rádio USP FM 107,9 (Ribeirão Preto). As edições do programa estão disponibilizadas nos podcasts do Jornal da USP (jornal.usp.br) e nos agregadores de áudio como Spotify, iTunes e Deezer.

. 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.