Brasil Latino – Carolina Larriera e o filme “Sérgio”

“Sergio”, interpretado por Wagner Moura, estreou na Netflix. Carolina Larriera, viúva do diplomata da ONU morto em atentado em Bagdá, é a entrevistada do Brasil Latino

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=320340

Brasil Latino – Carolina Larriera e o filme “Sérgio”
Brasil Latino

 
 
00:00 / 55:25
 
1X
 

Desde que se conheceram no Timor Leste, em 1999, Sergio Vieira de Mello e Carolina Larriera decidiram ficar juntos. Ele, reconhecido internacionalmente por liderar missões humanitárias de alto risco da ONU, e ela, economista argentina que trabalhava na entidade, em Nova York. As alianças estavam prontas para o casamento, mas a fatalidade veio antes. Mesmo cansado e já pensando em voltar a morar em sua cidade natal, o Rio de Janeiro, ele aceitou o convite de seu amigo, o secretário-geral Kofi Anan, para liderar a missão diplomática das Nações Unidas no Iraque, após a invasão norte-americana em março de 2003. Nomeado como Alto Comissário para os Direitos Humanos da ONU, Sergio fez duas exigências: ficaria apenas quatro meses e levaria Carolina junto na sua equipe. Em 19 de agosto de 2003, 15 dias antes do fim de sua estadia em Bagdá, um caminhão-bomba explodiu na sede da ONU e matou 21 pessoas, entre elas Sergio Vieira de Mello. Carolina se salvou por pouco.

Morando atualmente no Rio de Janeiro, ela e sua sogra, Gilda, mantem o Centro Sergio Vieira de Mello (https://sergiovieirademello.org/index_fr.html) que atua na promoção da coexistência pacífica e da tolerância entre as pessoas e as nações, formando lideranças jovens para as negociações de conflito e o diálogo multilateral, bandeiras empunhadas por Sergio, um brasileiro que trabalhou 34 anos na ONU e chegou a ser cogitado para assumir o cargo de secretário-geral sem nunca ter sido diplomata de carreira em seu próprio país. É essa a história que o filme “Sergio” conta e que, na voz de Carolina Larriera, o Brasil Latino apresenta na edição de 4 de maio.


Brasil Latino

O Brasil Latino vai ao ar toda segunda-feira, às 17h, pela Rádio USP FM 93,7Mhz (São Paulo) e Rádio USP FM 107,9 (Ribeirão Preto). As edições do programa estão disponibilizadas em @brlatino, nos podcasts do Jornal da USP (jornal.usp.br) e nos agregadores de áudio como Spotify, iTunes e Deezer.

. 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.