Aplicativo permite avaliar desempenho motor em aulas de educação física

O Educativo EF foi desenvolvido na Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP durante o doutorado de Fernando Garbeloto dos Santos, o entrevistado desta quinta-feira (29)

Por
Jornal da USP
Aplicativo permite avaliar desempenho motor em aulas de educação física
/

O Educativo EF é um aplicativo que pode ser usado por professores de educação física, pais e alunos. Sua principal funcionalidade é a capacidade de avaliar e monitorar o nível de desempenho motor dos alunos. “Esse é um dos desafios enfrentados por professores de Educação Física nas escolas”, descreveu o professor Fernando Garbeloto dos Santos, que desenvolveu o sistema durante seu curso de doutorado na EEFE da USP.

Na entrevista desta quinta (29) nos Novos Cientistas, Santos disse que muitos docentes da disciplina encontram dificuldades em planejar aulas voltadas ao aprimoramento das habilidades motoras fundamentais e esportivas. A ideia, segundo o pesquisador, é fornecer uma ferramenta simples e prática que disponibilize dados relevantes para a elaboração das aulas, verificando a eficácia das atividades propostas no processo de desenvolvimento motor.

O pesquisador disse ainda que, além de testes e avaliações, o Educativo EF também disponibiliza uma biblioteca digital que contempla jogos, eventos esportivos, dicas de saúde e história dos jogos. O conteúdo foi desenvolvido por meio de estudos-piloto e de informações obtidas em pesquisas da área. Atualmente, três escolas utilizam o aplicativo, contabilizando dados de centenas de alunos em idade escolar, ou seja, do ensino infantil, fundamental e médio. “Os resultados têm sido satisfatórios”, afirmou. O Educativo EF pode ser baixado, gratuitamente, na plataforma Google Play, e está disponível, até o momento, para o sistema Android. As instituições interessadas na ferramenta devem entrar em contato por e-mail educativoef@gmail.com ou telefone (11) 9 9286-6130 ou (11) 3081-3837.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.