Ambiente é o Meio #22: “Por estar na 26ª edição, a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas mostra que o problema não é de hoje”

Para o jornalista Alceu Castilho, políticas ambientais são insuficientes, mas necessárias no Brasil

Jornal da USP
Jornal da USP
Ambiente é o Meio #22: "Por estar na 26ª edição, a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas mostra que o problema não é de hoje"
/

O podcast Ambiente é o Meio desta semana conversa com o jornalista Alceu Castilho, diretor do Observatório sobre o Agronegócio no Brasil, De Olho nos Ruralistas, que fiscaliza o poder econômico e político no que se refere à questão agrária e identificando os impactos sociais e ambientais provocados pelo agronegócio. Castilho fala sobre a participação do Brasil na COP26, a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2021, que “existe para tomar decisões geopolíticas que previnam o impacto das políticas econômicas e ambientais para o planeta”. 

A conferência é uma reunião entre atores políticos, Estados, “para ratificarem decisões que digam respeito ao planeta e ao clima”. E, para o jornalista, “o fato de estar em uma 26ª edição já é significativo porque mostra que o problema não foi identificado hoje, data de séculos”, mas que foi radicalizado com o capitalismo ao longo das últimas décadas. 

No caso do Brasil, de acordo com Castilho, a agropecuária é a principal responsável pelos danos gerados ao meio ambiente. Nesse sentido, “o arco do desmatamento na Amazônia coincide com os pontos onde se estimula a produção agropecuária, com a fronteira agropecuária”, que se move “a partir da ilegalidade”. 

Quanto às políticas para o combate de crimes ao meio ambiente, Castilho diz que “não são suficientes, mas são necessárias”. Mas até “essas políticas insuficientes” estão sendo “destruídas” pelo atual governo federal, uma vez que o desmatamento está aumentando no País. 


Ambiente é o Meio

Produção e Apresentação: Professores Marcelo Marine Pereira de Souza e José Marcelino de Resende Pinto (ambos professores da FFCLRP)
Coprodução e Edição: Rádio USP Ribeirão 
E-mail: ouvinte@usp.br
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 107,9; ou Ribeirão Preto FM 107.9, ou pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular para Android e iOS .
.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.