“Vamos juntos recuperar o que não pudemos fazer nesses últimos 19 meses”, diz reitor em carta a alunos

Vahan Agopyan divulgou, hoje, dia 4 de outubro, por e-mail, uma carta aos estudantes de graduação para marcar a retomada das atividades presenciais

 Publicado: 04/10/2021  Atualizado: 08/10/2021 as 21:02

O reitor Vahan Agopyan divulgou, hoje, dia 4 de outubro, por e-mail, uma carta aos estudantes de graduação para marcar a retomada das atividades presenciais. Poderão retornar aos campi todos os alunos imunizados, isto é, que tenham recebido a dose única ou as duas doses da vacina contra a covid-19 há, pelo menos, 14 dias.

Neste retorno presencial deverão ser priorizadas as aulas práticas (laboratoriais, de campo ou de exercícios) e demais atividades definidas pelas Unidades de Ensino e Pesquisa, considerando a necessidade de eventuais repetições dessas atividades, em virtude da existência de alunos que, pela idade, serão imunizados posteriormente.

Para garantir um retorno com segurança, a USP tem informado por e-mail e pelo site Retorno Seguro sobre a situação sanitária nos campi, além de divulgar as Portarias da Reitoria, vídeos e guias que auxiliam na prevenção à covid-19. Além disso, uma campanha desenvolvida para redes sociais pretende reforçar as orientações de segurança, lembrando dos principais protocolos sanitários que previnem a doença.

O segundo semestre letivo de 2021 teve início no dia 16 de agosto, com aulas teóricas oferecidas de maneira remota.

Leia, a seguir, a íntegra do texto.

Circular aos alunos de graduação

Prezado(a) aluno(a),

Finalmente, nesta semana, estamos retomando, de forma mais efetiva, as atividades presenciais nos diversos campi da USP. Em algumas Unidades, principalmente na área da Saúde, essas atividades já estão em curso há meses, enquanto que, em outras, notadamente as que não oferecem aulas de campo nem laboratoriais, o retorno presencial está sendo mais gradual.

O incremento das atividades nos campi não se restringe apenas às aulas. A maioria das bibliotecas e das salas pró-alunos está funcionando (algumas nunca pararam), bem como os centros esportivos, os centros culturais e as cozinhas dos restaurantes. A vida universitária está voltando a pulsar com maior intensidade.

O diferencial de uma universidade como a USP é oferecer o ensino em um ambiente de pesquisa. Infelizmente, os estudantes foram frustrados dessa oportunidade por quase dois anos e, alguns, nem conhecem seu campus, tampouco a infraestrutura de sua faculdade.

Os docentes e os servidores se desdobraram para oferecer remotamente as aulas teóricas e suprir, como possível, as atividades práticas. Com isso, não houve prejuízo maior aos alunos quanto ao cumprimento do calendário escolar, mas sim na formação global do profissional que a Universidade se desdobra para oferecer. Essa concepção se concretiza com o contato dos estudantes entre si, com seus docentes, além das atividades fora das salas de aula, como as culturais, as sociais e as esportivas.

Você deve compreender, também, as especificidades das universidades de pesquisa, nas quais os alunos, em um mesmo dia, podem ter aulas com turmas distintas e, muitas vezes, em edifícios e Unidades diferentes. Nessas condições, os cuidados sanitários precisam ser extremamente criteriosos. Por isso, o retorno às atividades presenciais não é trivial e deve ser cuidadoso. A exigência da imunização é uma garantia, mas não é suficiente. Todas as precauções como o distanciamento, o uso de máscaras e a higienização das mãos devem ser rigorosamente seguidas.

Vamos juntos recuperar o que não pudemos fazer nesses últimos 19 meses. Não adianta lamentar o passado. Vamos conquistar o futuro.

Abraços,

Vahan Agopyan, reitor da USP


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.