USP terá uma Central de Reciclagem em parceria com a comunidade São Remo

A Central de Reciclagem será gerida por representantes da USP e da comunidade do Jardim São Remo

 Publicado: 07/10/2021  Atualizado: 08/10/2021 as 21:39
Por
Representantes da USP e da comunidade São Remo discutem a criação da cooperativa que atuará na Central de Reciclagem – Foto: Cecília Bastos/USP Imagem

 

O Programa USP Municípios, a Superintendência de Gestão Ambiental (SGA) e a Prefeitura do Campus USP da Capital (PUSP-C) estão desenvolvendo um projeto para a construção de uma Central de Reciclagem em parceria com a comunidade do Jardim São Remo, vizinha à Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira, em São Paulo.

Uma reunião entre representantes da USP e da comunidade realizada hoje, dia 7 de outubro, determinou a formação de uma comissão conjunta para planejar a criação da cooperativa que atuará na Central de Reciclagem. O espaço também será utilizado para projetos de ensino e pesquisa de várias unidades da USP.

“A proposta é construir uma central moderna, que ofereça a infraestrutura necessária para a reciclagem de diversos tipos de materiais. É um projeto de inclusão e nosso objetivo é que a comunidade participe de todas as fases do processo, para garantir o seu engajamento. Será um empreendimento que gerará empregos e renda para a comunidade”, afirmou o vice-reitor e coordenador-geral do USP Municípios, Antonio Carlos Hernandes.

A princípio, a Central trabalhará com a reciclagem do material gerado pela própria Universidade, mas a ideia é que, aos poucos, outras parcerias possam ser desenvolvidas.

“Esse é um projeto de grande importância, porque temos que incentivar a periferia a desenvolver mais ações para o meio ambiente. A USP é uma das melhores universidades da América Latina e essa Central trará a comunidade para junto da Universidade, mostrando a sua importância”, afirmou o representante da Diretoria da Associação dos Moradores do Jardim São Remo, Givanildo Oliveira dos Santos.

O coordenador-executivo do USP Municípios, Marcelo José Chueiri, lembra que “além do impacto ambiental, esse projeto tem um importante aspecto social, com o envolvimento da comunidade local, e um aspecto econômico, com a geração de empregos e renda”.

Assim como outras iniciativas do USP Municípios, a Central de Reciclagem é um projeto-piloto que poderá ser replicado em outros espaços e se tornar uma referência na questão ambiental.

O projeto

A Central de Reciclagem será construída em um terreno da Universidade localizado na Rua Cipotânea. O galpão principal ocupará uma área de 570 metros quadrados e terá banheiros, escritório, copa, almoxarifado e oficina. O projeto também prevê a construção de dois pátios de manobra, calçadas e a implantação do trecho da via.

A Central será gerida por um Conselho Gestor, composto de representantes da USP e da comunidade. Além do trabalho de reciclagem, o espaço também será utilizado para projetos de ensino e pesquisa de diversas unidades da Universidade.

O projeto básico para a construção da Central de Reciclagem já foi aprovado, e agora a comissão trabalha na elaboração do projeto executivo.

Também participaram da reunião o superintendente de Gestão Ambiental, Tércio Ambrizzi; o prefeito do Campus USP da Capital, Hermes Fajersztajn; a diretora do Instituto de Relações Internacionais (IRI) e coordenadora adjunta do programa USP Municípios, Janina Onuki; e as representantes da Associação dos Moradores do Jardim São Remo, Adriana Rabelo e Josefa Alves.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.