USP sobe quatro posições no ranking do SCImago e Odontologia é considerada a melhor do mundo

Segundo a classificação internacional SCImago Institutions Rankings (SIR), ranking espanhol anual elaborado pelo laboratório de pesquisa SCImago Lab, a USP é a melhor universidade da América Latina

 05/04/2022 - Publicado há 10 meses
Por

A USP subiu quatro posições na classificação internacional SCImago Institutions Rankings (SIR), ranking espanhol anual elaborado pelo laboratório de pesquisa SCImago Lab, ligado ao Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC). A USP passou da 47ª para a 43ª posição, sendo a universidade latino-americana mais bem classificada.

Este ranking, divulgado no dia 4 de abril, avalia instituições de ensino superior e de pesquisa classificando-as por um indicador composto que combina três conjuntos diferentes de métricas com base no desempenho em pesquisa, resultados de inovação e impacto social medido por sua visibilidade na web.

Um diferencial desta classificação é que ela avalia não apenas universidades, mas também outras entidades que realizam pesquisa, como empresas, órgãos governamentais e instituições não governamentais. Nesta edição, foram avaliadas mais de 4.364 instituições do mundo todo.

No ranking latino-americano, a segunda colocação foi ocupada pelo Conselho Nacional de Investigações Científicas e Técnicas, da Argentina, seguida pela Universidade Nacional Autônoma do México, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) e pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

No quesito Pesquisa, os principais critérios estão relacionados ao impacto científico, especialização temática, quantidade de publicações e colaboração internacional com redes de outras instituições. Nesse item, a USP é considerada a 16ª universidade do mundo que mais publicou artigos científicos indexados na base de dados científicos Scopus – que é produzida pela editora holandesa Elsevier e é considerada uma das maiores do mundo.

Em relação à Inovação, a USP ficou na 8ª colocação na América Latina. No quesito Impacto Social, que analisa a visibilidade na web, a USP obteve a 41ª posição na classificação geral.

Mais informações sobre esta classificação podem ser obtidas no site do Escritório de Gestão de Indicadores de Desempenho Acadêmico (Egida) da USP.

Melhores do mundo

Pelo segundo ano consecutivo, o ranking da SCImago classificou as instituições em 19 diferentes áreas do conhecimento. Nesse ranqueamento, a USP teve seis cursos classificados entre os 50 melhores do mundo – Agricultura e Ciências Biológicas, Negócios, Gestão e Contabilidade, Medicina, Medicina Veterinária, Farmacologia, Toxicologia e Ciências Farmacêuticas e Odontologia –, sendo este último considerado o melhor entre todos os cursos avaliados, ocupando a primeira posição na classificação mundial dentre as quase 700 instituições da área ranqueadas.

Confira, a seguir, a classificação das áreas considerando o ranqueamento de todos os setores (universidades, institutos de pesquisa, empresas, órgãos governamentais e instituições não governamentais) e a posição alcançada pela USP em cada uma delas na América Latina, no BRICS, na Ibero-América e no Brasil.

ÁREAMUNDOAMÉRICA LATINABRICSIBERO- AMÉRICABRASIL
Agricultura e Ciências Biológicas13ª
Artes e Humanidades114ª
Bioquímica, Genética e Biologia Molecular128ª21ª
Negócios, Gestão e Contabilidade44ª
Química433ª157ª50ª
Ciências da Computação254ª59ª
Odontologia
Ciências da Terra e Planetárias105ª44ª
Economia, Econometria e Finanças55ª10ª
Energia254ª98ª19ª
Engenharia234ª71ª
Ciências Ambientais112ª51ª
Matemática231ª58ª
Medicina49ª
Farmacologia, Toxicologia e Ciências Farmacêuticas22ª11ª
Física e Astronomia293ª65ª10ª
Psicologia80ª
Ciências Sociais71ª
Medicina Veterinária

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.