USP mantém liderança entre universidades latino-americanas

O THE World University Rankings 2020 classificou a USP entre as posições 251-300

A consultoria britânica Times Higher Education (THE) divulgou hoje, dia 11 de setembro, o World University Rankings 2020, que classificou as 1.396 melhores instituições de ensino superior do mundo. No topo da lista estão a Universidade de Oxford (1º lugar), o Instituto de Tecnologia da Califórnia (2º) e a Universidade de Cambridge (3º). Das dez primeiras posições, sete são norte-americanas e três são britânicas.

A USP é a universidade latino-americana mais bem avaliada. Permanecendo no mesmo grupo em que foi classificada no ano passado, entre as posições 251-300, a USP se iguala a instituições como a Universidade da Califórnia – Riverside (EUA), a Universidade de Surrey (Reino Unido) e o Instituto de Tecnologia de Tóquio (Japão).

“É interessante observar que, embora tenha permanecido no mesmo grupo do ano passado, a USP melhorou em todas as categorias, sendo que em duas delas foi classificada entre as 100 melhores instituições: Ensino, na 77ª posição, e Pesquisa, na 100ª”, ressaltou o reitor Vahan Agopyan.

O Brasil é o 7º país com maior número de instituições classificadas, 46 ao todo. A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) é a segunda brasileira mais bem posicionada, no grupo entre 501-600.

“O fato de o Brasil agora aparecer como o sétimo país com mais representação no ranking é certamente uma grande conquista, especialmente comparando com o ano passado. Isso traz muita visibilidade e presença do Brasil no cenário mundial”, afirma a editora do ranking, Ellie Bothwell.

Nessa 16ª edição, o ranking avaliou mais de 1.800 instituições de ensino superior de 92 países. A avaliação levou em conta 13 indicadores, agrupados em cinco categorias: ambiente de ensino, inovação, internacionalização, pesquisa (volume, investimento e reputação) e citações (influência da pesquisa).

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •