USP investirá em laboratórios que estudem o esporte

Pró-Reitoria de Graduação investirá R$ 400 mil em equipamentos, mobiliário, material de consumo e serviços

Editorias: Institucional - URL Curta: jornal.usp.br/?p=284913
Aula presencial da disciplina PRG-0001, no Centro de Práticas Esportivas da USP – Foto: Márcia Matsubara/Assessoria de Comunicação do Cepeusp

Laboratórios de todas as áreas do conhecimento e que tenham o esporte como tema de suas atividades têm até o dia 15 de novembro para se inscrever no Programa Laboratórios Didáticos de Atividades Esportivas no Ensino de Graduação, que investirá até R$ 400 mil para a aquisição, instalação e manutenção de equipamentos e mobiliários, material de consumo e serviços.

A iniciativa é coordenada pelo Escritório de Atividades Esportivas (EAE), da Pró-Reitoria de Graduação.

“Queremos apoiar as iniciativas que utilizem o esporte como vetor para aprimorar a formação acadêmica dos alunos de graduação e incentivar a abertura de espaços inovadores de ensino e aprendizagem. Poderia ser, por exemplo, um laboratório dedicado ao estudo e aperfeiçoamento de equipamentos esportivos ou um espaço para a produção de vídeos de conteúdo esportivo”, explica o coordenador do Escritório, Júlio Cerca Serrão.

O programa apoiará projetos em duas categorias: por curso (com recursos de até R$ 20 mil) ou por unidade (com recursos de até R$ 30 mil). As propostas devem ser enviadas para o e-mail ativ@usp.br, até o dia 15 de novembro. O edital completo está disponível na página da Pró-Reitoria de Graduação.

“Essa iniciativa também é interessante porque vai além do tradicional financiamento das atléticas. Apesar de ser muito comum em universidades estrangeiras, no Brasil, há escassez de linhas de financiamento para esse tipo de atividade e a USP é pioneira em utilizar o esporte como uma ferramenta educacional”, ressalta Serrão.

Escritório de Atividades Esportivas

O coordenador do Escritório de Atividades Esportivas, Júlio Cerca Serrão – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O Escritório de Atividades Esportivas foi criado em 2015, com a atribuição de realizar ações que tenham a atividade física e o esporte como ferramentas de formação dos estudantes e de qualificação do ensino de graduação.

A primeira iniciativa do Escritório foi o lançamento, em 2016, de uma disciplina aberta a todos os alunos de graduação da USP, nos diferentes campi, que confere autonomia para gerenciar de forma eficaz e segura sua prática de exercícios, garantindo uma melhor qualidade de vida.

“A ideia era incentivar o aluno a praticar alguma atividade física e conscientizá-lo sobre a importância do esporte. Deu tão certo que temos, atualmente, cerca de 3.500 alunos matriculados na disciplina por ano, com baixíssima taxa de evasão. O interessante é que, no final do curso, os alunos relatam que o principal benefício da prática de atividades físicas é na saúde mental, ajudando no controle do estresse, ansiedade, depressão e esgotamento”, explica Serrão.

Escritórios da PRG

O primeiro escritório idealizado pela Pró-Reitoria para oferecer apoio ao aluno foi o Escritório de Desenvolvimento de Carreiras (ECar), em 2016, com a proposta de apoiar alunos da Universidade em suas reflexões e ações para suas trajetórias profissionais.

+ Mais

USP discute saúde mental dos jovens e prevenção do suicídio

O foco está nas contribuições para o entendimento sobre os novos modelos de carreira e para o planejamento da trajetória profissional alinhada às características e oportunidades do mundo atual e às escolhas, aptidões e expectativas pessoais. Tradicionalmente, as principais universidades do mundo têm investido recursos na preparação de seus alunos e egressos para o mercado de trabalho.

O ECar é coordenado pela professora Tania Casado e oferece aconselhamento, palestras e oficinas sobre carreiras e mercado de trabalho, bem como serviços relacionados à elaboração de currículo e preparação para entrevistas.

Já o Escritório de Saúde Mental da USP (ESM) é uma ferramenta unificada que presta apoio aos alunos de graduação por meio de uma plataforma, na qual é realizado um primeiro contato para orientação e, posteriormente, são agendadas reuniões presenciais. O escritório também presta consultoria a unidades que necessitem de auxílio e diálogo sobre a prevenção de suicídios e promove palestras sobre o tema.

Instituído em 2018, originalmente vinculado ao Gabinete do Reitor, o Escritório surgiu a partir de uma preocupação com a saúde mental dos estudantes, para lidar com casos de evasão, sofrimento e tentativas de suicídio. Os acolhimentos, que começaram a ser realizados em julho daquele ano, já somam 240. O ESM é coordenado pelo professor do Instituto de Psicologia, Andrés Eduardo Aguirre Antúnez.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.