USP está entre as 50 melhores do mundo em seis áreas de concentração

O Global Ranking of Academic Subjects avaliou mais de 4 mil universidades, em 54 áreas de concentração

  • 6.1K
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

A consultoria chinesa Shanghai Ranking divulgou no dia 17 de julho o Global Ranking of Academic Subjects, que classificou mais de 4 mil universidades em 54 áreas de concentração.

A USP figura entre as 50 melhores instituições do mundo em seis áreas de concentração: Ciências e Tecnologia dos Alimentos (7º lugar), Odontologia (9º), Ciências Agrícolas (11º), Ciências Veterinárias (25º), Biotecnologia (34º) e Farmácia e Ciências Farmacêuticas (41º).

Em cinco áreas de concentração, a Universidade está no grupo que ocupa as posições entre o 51º e o 75º lugar: Matemática, Ecologia, Ciências Biológicas, Ciências da Biologia Humana e Enfermagem. E em quatro áreas, está no grupo 76-100: Ciências Atmosféricas, Ciência dos Instrumentos e Tecnologia, Engenharia de Minérios e Minas e Saúde Pública.

As melhores posições são ocupadas por universidades dos Estados Unidos – as norte-americanas estão na primeira posição em 35 das 54 áreas –, seguidas por universidades chinesas e europeias.

O ranking analisa os dados bibliométricos das bases Web of Science e InCites, levando em consideração cinco indicadores: número de artigos publicados; impacto dos artigos indexados no Science Citation Index; extensão da colaboração internacional; número de artigos publicados em revistas de impacto; e número de docentes premiados internacionalmente. A classificação por área de concentração é divulgada desde 2009 e a novidade deste ano é a inclusão de duas áreas: Oceanografia e Ciências Atmosféricas.

O Global Ranking of Academic Subjects é uma vertente do Academic Ranking of World Universities (ARWU), publicado desde 2003 pela Shanghai Jiao Tong University e considerado um dos precursores dos rankings de universidades. Na edição de 2017 do ranking geral, a USP foi classificada no grupo 151-200, sendo a única universidade da América Latina entre as 200 melhores do mundo.

THE Latin America

Em outra classificação, o THE Latin America University Ranking, publicado no dia 18 de julho pela consultoria britânica Times Higher Education (THE), a USP é a segunda melhor universidade da América Latina – a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) lidera a lista.

O ranking é uma vertente do THE World University Ranking no qual, em sua última edição, publicada em setembro de 2017, a USP aparece no estrato 251-300, sendo a universidade latino-americana mais bem classificada. A Unicamp foi a segunda melhor instituição brasileira, no grupo entre 401-500, e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) foi a terceira, no grupo entre 501-600.

Embora os quesitos analisados sejam os mesmos nas duas classificações, a posição das universidades pode variar segundo o peso atribuído a cada um deles.

  • 6.1K
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados