USP é uma das 100 universidades de melhor reputação do mundo

A Universidade subiu posições em relação ao ano passado e foi classificada no grupo 81-90

 27/10/2021 - Publicado há 1 mês  Atualizado: 05/11/2021 as 14:15
Por
Foto: Divulgação

 

A USP ganhou dez posições na edição 2021 do World Reputation Ranking, elaborado pela consultoria britânica Times Higher Education (THE), passando do grupo 91-100 para a posição 81-90. Pelo terceiro ano consecutivo, a Universidade se mantém como a única universidade brasileira a figurar entre as 100 instituições com melhor reputação acadêmica do mundo. O ranking foi divulgado hoje, dia 27 de outubro.

Nas três primeiras posições estão as norte-americanas Universidade de Harvard (1º lugar), Instituto de Tecnologia de Massachusetts (2º) e a britânica Universidade de Oxford (3º).

A USP ficou na mesma posição que instituições como a Universidade da Flórida (EUA), Universidade de Copenhagen (Dinamarca) e a Universidade Paris-Saclay (França). A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) aparece na posição 151-175.

O ranking classifica as 200 instituições com mais prestígio de acordo com a opinião de pesquisadores e acadêmicos que são convidados a elencar, com base em sua própria experiência, até 15 universidades que considerem ser as melhores em termos de pesquisa e ensino.

Em sua 11ª edição, o World Reputation Ranking é uma vertente da classificação anual das universidades feita pelo THE com base em uma pesquisa realizada junto a 10.963 acadêmicos de 128 países, abrangendo todas as áreas do conhecimento. A classificação das instituições tem como principal critério a excelência na pesquisa e no ensino.

Os pontos para avaliar a reputação referem-se ao número de vezes que uma instituição foi citada pelos entrevistados como sendo a melhor em seus respectivos campos de conhecimento. Os acadêmicos consultados poderiam destacar as universidades que consideravam as mais fortes, regional e globalmente, em suas áreas específicas, dentre as mais de 6 mil instituições de ensino superior existentes no mundo.

Best Global Universities 2022

A USP também subiu posições em outro ranking internacional, no qual é a melhor universidade da América Latina. De acordo com o ranking Best Global Universities 2022, divulgado ontem, dia 26 de outubro, pela editora norte-americana US News, a Universidade subiu sete posições em relação ao ano passado e ficou empatada com a Universidade Zhejiang na 115ª posição.

Foto: Divulgação

 

“A USP se reinventou durante a pandemia e os resultados positivos estão demonstrados nessas classificações internacionais. O ponto mais importante é que a Universidade se aproximou ainda mais da sociedade e se apresentou como um apoio no meio de uma crise sem precedentes. Acho que ela vem cumprindo o papel que se espera de uma instituição com reconhecimento internacional”, ressalta o reitor Vahan Agopyan.

No topo da lista está a Universidade Harvard, seguida do Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) e da Universidade Stanford.

O Brasil teve 48 universidades avaliadas, sendo que seis foram classificadas entre as 500 melhores universidades do mundo. Além da USP, estão listadas a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), na 275ª posição; a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), 376ª; a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), 425ª; a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), 456ª; e a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), 471ª.

A avaliação considerou cerca de 1.750 instituições de mais de 90 países e tem como base os dados e métricas do Clarivate Analytics InCites (antiga Thomson Reuters), ferramenta on-line de avaliação de pesquisa personalizada e baseada em citações, que permite realizar análises de produtividade científica e comparação de resultados com parceiros no mundo inteiro.

Além do ranking geral, a US News divulgou também a classificação por áreas de conhecimento. A USP foi classificada em 38 das 43 áreas de conhecimento e ficou entre as 100 melhores em 21 delas: Ciências Agrícolas (10º lugar); Botânica e Veterinária (16º); Ciência e Tecnologia dos Alimentos (17º); Microbiologia (18º); Farmacologia e Toxicologia (28º); Biotecnologia e Microbiologia Aplicada (36º); Matemática (39º); Meio Ambiente e Ecologia (43º); Saúde Pública, Ambiental e Ocupacional (51º); Doenças Infecciosas (57º); Imunologia (63º); Biologia e Bioquímica (63º); Ciência de Polímeros (70º); Sistemas Cardíaco e Cardiovascular (71º); Medicina Clínica (73º); Biologia Molecular e Genética (75º); Ciência Espacial (87º); Psiquiatria e Psicologia (87º); Geociências (88º); Física (90º); e Neurociência e Comportamento (94º).


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.