USP e Uliving oferecerão bolsas-moradia para três estudantes da rede pública

As bolsas-moradia Uliving terão duração de 12 meses com possibilidade de renovação de acordo com o desempenho acadêmico do aluno

Editorias: Institucional - URL Curta: jornal.usp.br/?p=381047
Prédio Uliving 433, localizado na Av. Duque de Caxias, região central de São Paulo – Foto: Divulgação

Uma parceria entre a USP e a Uliving – empresa especializada em moradia estudantil no Brasil – oferecerá três vagas em apartamentos de sua rede, localizados na cidade de São Paulo.

Serão contemplados com a Bolsa-Moradia Uliving os três estudantes participantes do programa Vem pra USP! mais bem colocados no vestibular Fuvest 2021, que tiverem ingressado em cursos na capital paulista e manifestarem interesse no benefício.

“Essa é a primeira experiência da USP para incrementar a nossa política de permanência estudantil. A associação direta dessas bolsas com os alunos da rede pública de ensino ressalta o esforço da Universidade em proporcionar oportunidades para que esses estudantes possam fazer a diferença. Procuramos formar líderes que transformem nossa sociedade”, afirmou o vice-reitor Antonio Carlos Hernandes.

+ Mais

Competição USP de Conhecimentos 2020 registrou recorde de participação de municípios

Os bolsistas terão direito a 12 meses de estadia gratuita – incluindo aluguel, condomínio, IPTU e despesas de consumo como água, luz e gás. A renovação do benefício dependerá do desempenho acadêmico em seu curso de graduação.

“É uma iniciativa inédita que firmamos com a Universidade, oferecendo moradia para que o aluno possa se dedicar aos estudos de forma integral. Dessa forma, ele consegue ter um melhor desempenho e se preparar melhor para o mercado de trabalho, além de ter a oportunidade de conhecer pessoas de outros Estados e de outros países. É uma maneira de devolvermos para a sociedade parte do que realizamos”, explicou o cofundador e CEO da Uliving, Juliano Faria Antunes.

Para o superintendente de Assistência Social da USP, Gerson Yukio Tomanari, “essa é uma das ações que mostram a enorme capilaridade do programa Vem pra USP!. Trata-se de uma mudança de paradigma no programa de permanência estudantil da Universidade, pois abre novas possibilidades para os estudantes com necessidades socioeconômicas”.

O vice-reitor Antonio Carlos Hernandes (esquerda) e o coordenador do Escritório de Desenvolvimento de Parcerias da USP, Rudinei Toneto Junior – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

Os apartamentos são individuais e estão localizados na Alameda Lorena (Uliving Jardins), na Av. Duque de Caxias (Uliving 433) e na Rua Maestro Cardim (Uliving Paulista).

Parceria na permanência estudantil

A assinatura do termo de parceria entre USP e Uliving Brasil aconteceu nesta segunda-feira, dia 21 de dezembro, em uma reunião on-line com representantes das duas instituições.

“Essa é a nossa primeira experiência envolvendo a questão da moradia estudantil e mostra que estamos avançando para dar aos alunos condições cada vez melhores de permanência. É um modelo diferente, que reforça a busca da Universidade por novas parcerias”, explicou o coordenador do Escritório de Desenvolvimento de Parcerias da USP (DePar), Rudinei Toneto Junior.

O convênio assinado entre a USP e a Uliving tem duração de cinco anos e o valor anual das três bolsas doadas pela empresa está estimado em R$ 90 mil.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.