USP e Capes assinam protocolo para reorganizar a pós-graduação da Universidade

Acordo prevê que mestrado acadêmico seja uma etapa de qualificação para o doutorado

  • 6,3K
  •  
  •  
  •  
  •  
O reitor da USP, Vahan Agopyan, e o presidente da Capes, Abílio Baeta Neves, assinam protocolo de reorganização da oferta de pós-graduação – Foto: Divulgação CCS/Capes

A USP e a Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) assinaram, no dia 12 de dezembro, um protocolo de intenções que permitirá à Universidade a reorganização da oferta dos cursos de pós-graduação de Mestrado e Doutorado.

O acordo foi assinado pelo reitor Vahan Agopyan e pelo presidente da Capes, Abílio Baeta Neves, no prédio da Reitoria, em São Paulo.

As mudanças, que ainda serão discutidas com a comunidade acadêmica, consistem, principalmente, no redesenho da estrutura dos programas de pós-graduação, valorizando a formação no nível de doutorado, a mobilidade nacional e internacional dos estudantes nesse nível e os estágios de pós-doutorado.

Dentre os pontos constantes no documento está a proposta de que o mestrado acadêmico passe a ser entendido como etapa de qualificação para o doutorado e tenha sua duração reduzida. O doutorado, por sua vez, poderá ter seu tempo de conclusão expandido para além dos quatro anos regulares.

“Este convênio permite que a USP possa desenvolver e projetar uma nova visão sobre a pós-graduação”, destacou o reitor.

Para o pró-reitor de Pós-Graduação, Carlos Gilberto Carlotti Junior, “nosso sistema está desconectado do mundo. A Capes está nos dando a oportunidade de pensarmos e discutirmos um novo modelo de pós-graduação”.

Segundo o protocolo, a Capes deve ajustar os procedimentos de avaliação para atender às mudanças, “sem abrir mão dos padrões que asseguram qualidade comparativamente em termos nacionais, os mecanismos de fomento/financiamento sem prejuízo dos estudantes e dos programas atualmente financiados, recompensando o esforço institucional de maximização do investimento feito em pessoal e cursos”.

Um cronograma para a implementação das mudanças deverá ser estabelecido entre a USP e a Capes.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 6,3K
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados