USP é a melhor universidade brasileira segundo o ranking QS Latin America

O ranking classificou as 410 melhores universidades da América Latina

 11/11/2020 - Publicado há 10 meses  Atualizado: 18/03/2021 as 14:34
Por
Imagem: Divulgação/ QS Top Universities
Imagem: Divulgação/ QS Top Universities

A organização britânica Quacquarelli Symonds (QS) divulgou hoje, dia 11 de novembro, a lista das melhores universidades da região e a USP está classificada como a instituição brasileira mais bem colocada: a Universidade aparece na segunda posição, atrás apenas da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Chile.

Do total de 94 universidades brasileiras ranqueadas, 13 delas estão entre as 50 melhores da região. Em relação às universidades estaduais paulistas, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ficou na quinta colocação e a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) está na 12ª posição.

Publicado desde 2011 pela QS, o ranking classificou as 410 melhores universidades da América Latina. A USP obteve a pontuação máxima e ficou na liderança em cinco dos oito indicadores avaliados: reputação acadêmica, quantidade de professores com doutorado, publicações por faculdade, rede de pesquisa internacional e impacto na internet.

No item reputação entre os empregadores, a Universidade obteve pontuação 99,1 (de um total de 100); no critério citações científicas, a pontuação foi de 79,9; e na proporção de professor para estudante, a pontuação foi de 46,8. No cômputo geral, a média da USP foi 99,66.

QS Latin America Ranking

PosiçãoUniversidadePaís
Pontifícia Universidade Católica de Chile (UC)​Chile
Universidade de São Paulo (USP)Brasil
Instituto Tecnológico de Monterrey (ITESM)México
Universidade do Chile Chile
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)Brasil
Universidade dos Andes ColômbiaColômbia
Universidade Nacional Autônoma de México (UNAM)México
Universidade de Buenos Aires (UBA)Argentina
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)Brasil
10ºUniversidade Nacional da Colômbia (UNAL)Colômbia

Fonte: QS Quacquarelli Symonds / Arte: jornal.usp.br

Destaque internacional

Em outras classificações divulgadas pela QS neste ano, a USP também está em posição de destaque. No ranking mundial, a Universidade subiu uma posição, passando da 116ª para a 115ª colocação, a melhor classificação alcançada desde que o ranking começou a ser publicado, em 2004.

Além da classificação geral, a USP também sobressai nos rankings específicos da instituição. No QS World University Rankings by Subject, a Universidade se destacou em 11 áreas, nas quais foi classificada entre as 50 melhores: Odontologia (18ª posição); Engenharia de Minérios e Minas (33ª); Línguas Modernas (42ª); Ciências do Esporte (42ª); Arquitetura (43ª); Engenharia Civil e de Estruturas (46ª); Geografia (47ª); Direito (47ª); Ciência Veterinária (48ª); Agricultura e Silvicultura (49ª); e Anatomia e Fisiologia (49ª).

Em 20 áreas específicas a USP ficou entre a 51ª e a 100ª posição; em sete áreas, entre as 150 melhores; e em duas áreas, entre as 200 melhores.

As áreas específicas são agrupadas em cinco grandes áreas e a USP está entre as 100 melhores na classificação geral de todas as cinco: Ciências Sociais e Administração (57ª), Ciências da Vida e Medicina (70ª), Artes e Humanidades (78ª), Ciências Naturais (78ª) e Engenharia e Tecnologia (81ª).


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.