Universidade tem novo reitor e nova vice-reitora

Carlos Gilberto Carlotti Junior e Maria Arminda do Nascimento Arruda tomarão posse no próximo dia 25 de janeiro de 2022, com mandato de quatro anos

 08/12/2021 - Publicado há 8 meses  Atualizado: 17/12/2021 as 16:57
Por
(Da esq. p/ dir.) Os professores Maria Arminda e Carlos Gilberto Carlotti Junior, a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, e o governador João Doria, na coletiva de imprensa realizada na sede do governo paulista – Foto: Reprodução

 

Os professores Carlos Gilberto Carlotti Junior e Maria Arminda do Nascimento Arruda são os novos reitor e vice-reitora da USP. O anúncio da nomeação foi feito pelo governador João Doria e pela secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen da Silva, hoje, 8 de dezembro, em uma coletiva de imprensa realizada na sede do governo paulista.

“Temos consciência da enorme responsabilidade que estamos assumindo, mas com humildade e muita disposição para elevar ainda mais a excelência de nossa Universidade. Trabalharemos incansavelmente e responsavelmente pela Universidade, buscando a excelência acadêmica no ensino, na pesquisa e na extensão, associada à diversidade, com apoio à permanência estudantil e aos jovens docentes. Estamos propondo um novo pacto com a sociedade, aumentando nossa colaboração tanto com o setor público quanto com o setor privado, resultando no maior impacto de nossas ações para a melhoria das condições de vida dos brasileiros. Serão muitos os desafios a enfrentar, tanto internos quanto externos. Precisaremos combater juntos o negacionismo científico e a desinformação premeditada, mas encararemos os desafios com serenidade e confiança”, afirmou o novo reitor.

Maria Arminda ressaltou que “a nossa universidade é a mais importante da América Latina, um orgulho de São Paulo e do Brasil. Esse compromisso que assumimos é o compromisso de tornar a USP uma universidade que aprimore a sua excelência, para tornar a USP uma instituição com responsabilidade pública e social. A inclusão não é avessa à ciência. Esse compromisso que hoje afirmamos é o de fazer a nossa Universidade cada vez maior e mais importante”.

A chapa USP Viva, formada por Carlotti e Maria Arminda, foi a mais votada na eleição realizada no último dia 25 de novembro, com 1.156 votos, e encabeçava a lista encaminhada ao governador.

Faziam parte do colégio eleitoral os membros do Conselho Universitário, dos Conselhos Centrais (Graduação, Pós-Graduação, Pesquisa e Cultura e Extensão Universitária), das Congregações das Unidades e dos Conselhos Deliberativos de Museus e Institutos Especializados, o que totalizou 2.121 eleitores, dos quais 2.002 (94,4%) registraram seus votos.

Carlos Gilberto Carlotti Junior e Maria Arminda do Nascimento Arruda – Fotomontagem: Jornal da USP

 

O novo reitor da USP, Carlos Gilberto Carlotti Junior, é médico pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), com premiação de destaque no curso clínico. É neurocirurgião, formado pelo Hospital das Clínicas da FMRP (HCRP), e especialista pela Sociedade Brasileira de Neurocirurgia. É mestre e doutor pela FMRP e professor titular do Departamento de Cirurgia e Anatomia da faculdade. Foi diretor clínico do HCRP, diretor da FMRP e presidente da Fundação de Pesquisas Médicas de Ribeirão Preto. É o pró-reitor de Pós-Graduação da USP, cargo que ocupa desde 2016.

Maria Arminda do Nascimento Arruda, a nova vice-reitora, é graduada em Ciências Sociais, mestre, doutora e livre-docente em Sociologia, todos pela USP. É professora titular de Sociologia na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), onde foi diretora entre 2016 e 2020. Foi pesquisadora sênior do Instituto de Estudos Sociais e Políticos de São Paulo, pró-reitora de Cultura e Extensão Universitária da USP no período de 2010 a 2015 e representante da Área de Sociologia junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e da área de Ciências Humanas no Conselho Técnico-Científico da instituição. Atualmente, é coordenadora do Escritório USP Mulheres.

Os novos reitor e vice-reitora da USP tomarão posse no próximo dia 25 de janeiro de 2022 e terão mandato de quatro anos. Esta será a 29ª gestão reitoral na história da Universidade, fundada em 1934. O primeiro reitor da USP foi o professor da Faculdade de Direito (FD), Reynaldo Porchat, e o primeiro vice-reitor, o docente da Faculdade de Medicina (FM), Antonio de Almeida Prado. O atual reitor da USP é o professor da Poli, Vahan Agopyan, e o vice-reitor é o professor do Instituto de Física de São Carlos (IFSC), Antonio Carlos Hernandes.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.