Universidade homenageia vencedores do Prêmio USP Trajetória pela Inovação

Promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa e pela Agência USP de Inovação, o prêmio é um reconhecimento da excelência dos resultados de pesquisas e ações realizadas na Universidade

 02/12/2021 - Publicado há 1 ano
Por
A cerimônia de entrega do Prêmio USP Trajetória pela Inovação foi realizada no dia 1º de dezembro - Foto: Marcos Santos/USP Imagens

“Todo o conhecimento produzido na Universidade não terá valor se não for, de alguma forma, transferido para a sociedade. Ainda há muita falta de compreensão sobre o que é inovação e a importância de instituições de ensino e pesquisa terem a inovação como um de seus objetivos. É graças a pesquisadores como estes que a sociedade passou entender que a universidade faz parte da solução dos problemas”, afirmou o reitor Vahan Agopyan na cerimônia de entrega da segunda edição do Prêmio USP Trajetória pela Inovação 2019, uma iniciativa da Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP) e da Agência USP de Inovação (Auspin).

A solenidade, realizada no dia 1º de dezembro, aconteceu com 21 meses de atraso por causa da pandemia da covid-19, e homenageou os professores da USP que se destacaram, ao longo de suas atividades acadêmicas, na produção de inovações científicas, tecnológicas ou culturais, contribuindo para a excelência da instituição e para o desenvolvimento do País.

Receberam o prêmio os professores Benedicto Wlademir de Martin (Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia – FMVZ), Guilherme Ary Plonski (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade – FEA), José Carlos Pettorossi Imparato (Faculdade de Odontologia – FO), Marco Henrique Terra (Escola de Engenharia de São Carlos – EESC), Myriam Krasilchik (Faculdade de Educação – FE) e Ivanildo Hespanhol (Escola Politécnica – EP), in memoriam.

“Em uma universidade de pesquisa como a USP é muito importante a criação e a manutenção de uma cultura de inovação para o desenvolvimento da sociedade. Com esse prêmio, reconhecemos e celebramos aquelas e aqueles que, em sua área, tornam a USP uma universidade inovadora e empreendedora. Desejamos que o exemplo inspire colegas e alunos a avançar nesse caminho”, afirmou o coordenador da Agência USP de Inovação (Auspin), Marcos Nogueira Martins.

Nesta segunda edição do prêmio, foram recebidas 37 indicações de docentes ativos ou aposentados e 15 indicações de docentes In Memoriam, encaminhadas pelas unidades, museus e institutos especializados da USP.

O pró-reitor de Pesquisa, Sylvio Roberto Accioly Canuto, lembrou que a escolha dos laureados foi muito difícil por causa da qualidade dos pesquisadores indicados. “É muito importante para a USP reconhecer o alcance da atuação de seus docentes. Vocês são modelos para todos os que trabalham na Universidade e procuram a alta qualificação acadêmica e a inovação”, ressaltou Canuto.

Os premiados

Representando os premiados, o diretor do Instituto de Estudos Avançados (IEA) e professor da FEA, Guilherme Ary Plonski, falou um pouco sobre a trajetória de cada um dos homenageados e refletiu sobre a importância da inovação para a sociedade.

“Por mais de duas décadas, a inovação estava ligada à ideia de empregos e crescimento econômico. Agora, esperamos da inovação resultados inclusivos, sustentáveis e, nesses tempos de COP, resultados verdes. Parcelas crescentes da sociedade, inclusive de gestores públicos, esperam a inovação. Mas como incorporar essas novas expectativas em políticas públicas voltadas para a inovação e qual a métrica adequada para verificarmos não apenas o quanto geramos de inovação, mas a também para quê e para quem ela foi gerada?”, colocou Plonski.

 

Prêmio USP Trajetória pela Inovação

Criado em 2016, o prêmio tem como objetivo reconhecer e valorizar as ações dos docentes da USP que se destacaram, ao longo de suas atividades acadêmicas, na produção de inovações científicas, tecnológicas ou culturais, contribuindo assim para a excelência do resultado institucional e para o desenvolvimento socioeconômico do país.

Em 2017, na primeira edição do prêmio, foram homenageados os professores Glaucius Oliva (IFSC), Ismar de Oliveira Soares (ECA), Kazuo Nishimoto (Poli), José Roberto Postali Parra (Esalq) e Marcelo Britto Passos Amato (FM). O Prêmio USP Trajetória pela Inovação in memoriam foi outorgado ao professor do IFSC, Horácio Carlos Panepucci.

O processo de seleção dos premiados da terceira edição Prêmio USP Trajetória pela Inovação já está em andamento e o resultado deve ser divulgado no começo de 2022.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.