Universidade fortalece parcerias com instituições britânicas

No dia 12 de abril, o reitor da USP participou de encontros na Universidade da Cidade de Londres, King’s College e Imperial College

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
O vice-reitor da Universidade da Cidade de Londres, Paul Curran (à esquerda), e o reitor da USP, Vahan Agopyan, na assinatura do documento – Foto: Divulgação

Depois de participarem da conferência anual da UGPN, em Londres, o reitor da USP, Vahan Agopyan, e o presidente da Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional (Aucani), Raul Machado Neto, visitaram, no dia 12 de abril, três instituições britânicas com as quais a Universidade mantém parcerias.

Na Universidade da Cidade de Londres, Agopyan assinou um acordo de cooperação acadêmica e científica que prevê intercâmbio de docentes, pesquisadores e alunos, desenvolvimento de projetos conjuntos de pesquisa, organização de eventos científicos, entre outras ações.

O documento foi assinado pelo reitor da USP e pelo vice-reitor da universidade britânica, Paul Curran.

No mesmo dia, mais tarde, o dirigente da USP esteve na King’s College para discutir a proposta dos três cursos de Medicina da Universidade – ministrados nos campi de São Paulo, Ribeirão Preto e Bauru – para a criação de um programa de residência com a Instituição inglesa.

Também foram debatidas as possibilidades de instalação de representações bilaterais e de implementação de Programas de Doutorado em conjunto com a Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) e o Instituto de Relações Internacionais (IRI).

Na sede do Imperial College of Science, Technology and Medicine, em Londres, o reitor deu andamento às tratativas para o estabelecimento de representações bilaterais nas respectivas Instituições. O objetivo é incrementar o desenvolvimento de pesquisas científicas conjuntas e o intercâmbio de professores e pesquisadores nas áreas de engenharia, energia, petróleo e gás, captura e armazenamento de gás carbônico (CO2), biocombustíveis e meio ambiente. A representação acadêmica é uma das ações previstas no convênio assinado em outubro do ano passado.

“O fomento ao desenvolvimento de pesquisas interdisciplinares com parceiros internacionais  e a criação de representações acadêmicas são importantes ações para a busca contínua da excelência acadêmica de nossa Universidade, que representa uma das principais metas de nossa gestão”, destacou o reitor Vahan Agopyan.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados