SAS inicia o período de inscrições para programa de apoio aos estudantes

O Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil (PAPFE) oferece apoio a alunos de graduação com dificuldades socioeconômicas

 22/01/2021 - Publicado há 8 meses  Atualizado: 24/01/2021 as 19:03
Fotomontagem Jornal da USP –  Foto: Cecília Bastos/USP Imagem
Começa na próxima segunda-feira, dia 25 de janeiro, as inscrições para o Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil (PAPFE), coordenado pela Superintendência de Assistência Social (SAS), em conjunto com as Prefeituras dos campi USP.

Os auxílios e apoios do PAPFE são voltados aos alunos que estejam em sua primeira graduação e foram classificados no Sistema de Avaliação Socioeconômica (SASe).

“O PAPFE é parte relevante das ações de valorização da vida estudantil na USP. Por meio desse programa, visamos garantir condições para que o estudante mantenha e amplie suas atividades na Universidade, podendo concluir a sua graduação, assim reduzindo a evasão da USP. Dessa forma, contribuímos para a formação acadêmica integral do estudante”, explica o superintendente de Assistência Social, Gerson Yukio Tomanari.

Entre os tipos de benefícios do programa estão o apoio-moradia (vagas nas moradias estudantis da USP), o auxílio-moradia (auxílio financeiro), o auxílio-alimentação e o auxílio-livros. Todos têm duração de 24 meses, exceto o apoio-moradia, que requer reavaliação anual.

Moradias estudantis

A reavaliação anual da vaga está prevista nas normas que regem as moradias estudantis, por isso, os alunos de graduação que possuem um apoio-moradia vigente, em qualquer um dos campi, deverão obrigatoriamente se inscrever no PAPFE 2021.

“Até 2018, os auxílios do PAPFE tinham prazo de 12 meses, o que coincidia com a reavaliação anual das vagas em moradias. A partir de 2019, os auxílios passaram a ter 24 meses de duração, mas a necessidade de reavaliação anual da vaga, por meio do PAPFE, se mantém nos 12 meses”, explicou Tomanari.

Inscrições

As inscrições dos alunos veteranos, regularmente matriculados, participantes ou não do PAPFE em anos anteriores, poderão ser feitas de 25 de janeiro a 7 de fevereiro.

Já os calouros poderão se inscrever assim que efetuarem a matrícula na USP. Para eles, especificamente, será lançado o Suporte ao Estudante Ingressante (SEI), cujo edital deverá ser divulgado antes do início do período de matrículas.

As inscrições devem ser feitas de forma eletrônica, pelo Portal de Serviços Computacionais da USP (JupiterWeb). Os documentos comprobatórios da situação socioeconômica deverão ser anexados dentro dos prazos estipulados no edital. Apenas os alunos do curso da Escola de Arte Dramática (EAD) devem se inscrever por meio de formulário específico, cujo endereço pode ser solicitado pelo e-mail papfe@usp.br.

A análise socioeconômica será realizada pelos Serviços Sociais dos campi, utilizando critérios unificados preestabelecidos.

O edital do Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil 2021 pode ser consultado na página da Superintendência de Assistência Social, que também contém um FAQ com as principais dúvidas sobre as inscrições.

Para mais informações e esclarecimento de dúvidas, os alunos interessados devem entrar em contato pelo e-mail papfe@usp.br.

 

Principais dúvidas

Quem pode se inscrever nos benefícios do PAPFE?

Alunos regularmente matriculados em cursos de graduação da USP, que estejam cursando a primeira graduação, inclusive os estudantes intercambistas (não são aceitas inscrições de alunos já graduados –bacharelado, licenciatura ou tecnólogo).

Estudantes da USP matriculados em cursos de graduação que apresentam as modalidades de bacharelado e licenciatura podem se inscrever mesmo que tenham uma das modalidades concluída na própria USP.

Alunos do curso da Escola de Arte Dramática da ECA/USP (para realizar inscrição, entrar em contato com o e-mail papfe@usp.br, dentro do período de inscrição).

Fui contemplado com benefícios no PAPFE 2020. Terei os benefícios prorrogados até 30/04/2022?

Sim, desde que esteja devidamente matriculado em 2021, os benefícios concedidos no PAPFE 2020 serão automaticamente prorrogados até 30/04/2022.

Dentre os meus auxílios vigentes, um vence em 2021, outro em 2022. Devo me inscrever no PAPFE 2021?

Com exceção do apoio-moradia (vaga em residência estudantil) e do auxílio-livro (quando usufruído por 2 anos), todos os seus benefícios serão automaticamente prorrogados e sincronizados até 2022.

Quais documentos devo apresentar digitalmente no momento da inscrição?

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS –PAPFE 2021

Os documentos listados abaixo deverão ser, obrigatoriamente, anexados ao questionário do SASe. Caso o(a) aluno(a) não disponha de algum desses documentos deverá justificar a ausência, expondo os motivos para a falta de determinado documento.

  1. CONTA DE LUZ ATUALIZADA (para comprovação de endereço atual e consumo/despesa)

A conta deverá ser relativa ao mês /ano da inscrição no PAPFE/2021.

  1. IPTU DA MORADIA DO ANO EM CURSO (para comprovação de propriedade)

Para comprovação de casa própria; no caso de moradia alugada/república, enviar o comprovante do pagamento de aluguel do mês/ano da inscrição do PAPFE/2021.

  1. CÓPIAS DE DOCUMENTOS DE RENDA MENSAL ATUALIZADOS DE TODAS AS PESSOAS DO NÚCLEO FAMILIAR QUE POSSUEM RENDA, MESMO QUE INFORMAL OU EVENTUAL (para comprovação da renda familiar)

Documentos que podem ser aceitos: holeriths/contracheques OU cópia da Carteira Profissional atualizada (todas as folhas preenchidas) OU declaração de pró-labore (de contador ou próprio punho ou comprovante de recebimento de pensão alimentícia OU extrato de benefícios do INSS); para autônomos, declaração de próprio punho constando natureza do trabalho e média mensal de retirada; renda proveniente de aluguel (recibos).

  1. IMPOSTO DE RENDA DO PRINCIPAL CONTRIBUINTE DA RENDA FAMILIAR ENTREGUE NO ÚLTIMO ANO (para comprovação de endereço de procedência, de renda, de dependentes, de bens móveis e imóveis, de pagamento de escolas, pagamento de planos de saúde e outros)
    Cópia completa da última declaração de IR (2019/2020), todas as folhas.

IMPORTANTE:

  1. Caso o(a) aluno(a) julgue necessário anexar mais documentos que não foram solicitados, poderá anexá-los no ícone “Outros” no questionário de avaliação socioeconômica. Lembre-se que, quanto mais claras forem as informações e comprovantes apresentados, mais fidedigna será a avaliação socioeconômica.

A depender das informações prestadas na inscrição, outros documentos complementares poderão ser solicitados pela assistente social e, no caso de não atendimento, a avaliação socioeconômica não poderá ser concretizada e, portanto, a inscrição ficará incompleta.

  1. O sistema aceita arquivo/anexo com tamanho máximo de 4MB.

Como proceder caso não disponha de alguma documentação no momento da inscrição?

Não dispondo de algum documento para anexar, o candidato deverá justificar a ausência da comprovação no campo do próprio formulário.

Lembramos que os alunos serão classificados por meio das informações declaradas no momento do preenchimento do questionário SASe, com posterior avaliação dos documentos comprobatórios da situação socioeconômica. A não comprovação das informações socioeconômicas declaradas acarretará em mudanças na classificação de prioridade ou mesmo no cancelamento dos benefícios concedidos, sem prejuízo de outras ações administrativas e legais.

Posso vir a ser chamado a apresentar informações e documentos adicionais?

Sim, no decorrer do processo de análise, informações e documentações adicionais poderão ser requisitadas.

Para mais perguntas e respostas, consulte a página da Superintendência de Assistência Social.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.