SAS e Faculdade de Medicina criam programa para a saúde dos moradores do Crusp

O programa acompanhará a saúde dos moradores por meio de visitas domiciliares e desenvolverá ações preventivas e campanhas informativas

 30/06/2021 - Publicado há 4 meses  Atualizado: 05/07/2021 as 19:27
Por
Conjunto Residencial da USP (Crusp) – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

.

A Superintendência de Assistência Social (SAS), em parceria com a Faculdade de Medicina (FM), lançou o Programa de Atenção Primária à Saúde dos moradores do Conjunto Residencial da USP (PAPS-Crusp), que desenvolverá ações de acompanhamento, prevenção e promoção da saúde dos estudantes moradores do Crusp.

Superintendente de Assistência Social, Gerson Yukio Tomanari – Foto: Divulgação

“O lançamento deste programa é uma grande conquista. A parceria da SAS com a Faculdade de Medicina agregará uma nova dimensão do cuidar aos estudantes que residem no Crusp. A estratégia de saúde da família deve resgatar o viver comunitário, guardadas as especificidades inerentes a este espaço tão simbólico da nossa Universidade”, afirma o superintendente de Assistência Social, Gerson Yukio Tomanari.

Adotando estratégias de saúde da família, o programa contará com a atuação das equipes multiprofissionais da SAS e do Centro de Saúde Escola Samuel Barnsley Pessoa (CSEB), da Faculdade de Medicina, compostas de psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros e médicos. Também serão selecionados, entre os moradores do Crusp oito bolsistas para atuarem como Agentes Universitários de Saúde.

Com duração de 24 meses, o programa acompanhará a saúde dos moradores por meio de visitas domiciliares e desenvolverá ações preventivas e campanhas informativas sobre o abuso de drogas, doenças sexualmente transmissíveis, epidemias, saúde mental, entre outros assuntos.

Agentes Universitários de Saúde

A primeira iniciativa do programa será selecionar oito bolsistas, entre alunos de graduação e pós-graduação e moradores do Crusp, para atuarem como Agentes Universitários de Saúde.

Entre outras atividades, os bolsistas deverão desenvolver atividades de promoção da saúde por meio de visitas domiciliares e ações educativas; orientar os moradores quanto aos serviços de saúde disponíveis; e desenvolver ações que integrem a equipe de saúde e os moradores.

Para se inscrever, os estudantes devem estar regularmente matriculados em cursos de graduação ou pós-graduação e ser moradores do Crusp. As inscrições devem ser feitas entre os dias 1º e 9 de julho.

A bolsa, no valor de R$ 500 mensais, terá duração de 12 meses, podendo ser renovada por igual período. A carga horária é de 10 horas semanais.

O edital completo e a ficha de inscrição estão disponíveis na página da Superintendência de Assistência Social.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.