Reitor recebe representantes da OCDE em São Paulo

A entidade está desenvolvendo um estudo sobre o sistema de avaliação e de regulação do ensino superior no Brasil

Reunião com representantes da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), no prédio da Reitoria – Foto Marcos Santos/USP Imagens

O reitor Vahan Agopyan participou, no dia 12 de março, de uma reunião de trabalho com representantes da Diretoria de Educação e Competências da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), no prédio da Reitoria, na Cidade Universitária, em São Paulo.

A Comissão da OCDE está desenvolvendo, a pedido do Ministério da Educação, um estudo sobre o sistema de avaliação e de regulação do ensino superior no Brasil, com o apoio da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). A OCDE é responsável pela coordenação do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês), que mede o nível educacional de jovens de 15 anos por meio de provas de Leitura, Matemática e Ciências.

Pela USP, participaram do encontro o pró-reitor de Graduação pro tempore, Gerson Aparecido Yukio Tomanari; a pró-reitora de Pesquisa pro tempore, Marta Teresa da Silva Arretche; o presidente da Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional (Aucani), Raul Machado Neto; a superintendente de Gestão Ambiental, Patrícia Faga Iglecias Lemos; e o chefe do Gabinete do Reitor, Thiago Rodrigues Liporaci.

Na reunião, Agopyan falou, dentre outros temas, sobre a implementação do novo sistema de avaliação da Universidade, aprovado pelo Conselho Universitário no final de 2016.

Após o encontro com o reitor, os representantes da OCDE participaram de reuniões com docentes e alunos de graduação e de pós-graduação da Universidade.

Além da USP, o estudo da OCDE inclui visitas e entrevistas com representantes de órgãos governamentais e instituições de ensino superior públicas e privadas de Brasília, Recife e São Paulo.

Textos relacionados