Reitor participa de encontro internacional de universidades

O evento reuniu cerca de 600 reitores e representantes acadêmicos de todo o mundo em Salamanca

  • 50
  •  
  •  
  •  
  •  
A cerimônia de abertura contou com a presença do rei Filipe VI da Espanha; do presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa; e da presidente mundial do Grupo Santander, Ana Patrícia Botín – Foto: Comunicación Universidad de Salamanca

O reitor Vahan Agopyan participou do IV Encontro Internacional de Reitores Universia, que aconteceu nos dias 21 e 22 de maio, na Universidade de Salamanca (Espanha). O evento reuniu reitores, políticos e empresários de 26 países para discutir os desafios da educação superior em um mundo digital e a contribuição das universidades para o desenvolvimento social e territorial.

Durante os dois dias do evento, mais de 600 reitores e representantes acadêmicos debateram questões em torno de três eixos principais: formar e aprender em um mundo digital; investigar na universidade, um paradigma em revisão?; e a contribuição da universidade para o desenvolvimento social e territorial.

“Temos que conscientizar a população. As pessoas precisam entender que é por meio da educação que conseguiremos resolver os outros problemas”, afirmou Agopyan, que foi um dos participantes do painel Fomento y activación del emprendimiento universitário.

Outro representante da Universidade foi o ex-reitor Marco Antonio Zago, que coordenou a mesa Formación y aprendizaje ante el impacto de la transformación digital: estrategias ad intra y ad extra, no primeiro dia do evento.

No encerramento do encontro foi divulgada a “Declaração de Salamanca”, documento que apresenta os resultados das discussões realizadas com o objetivo de auxiliar no desenvolvimento de uma universidade que atenda às necessidades da sociedade do século XXI. A declaração reforça pontos como a flexibilização dos métodos de ensino, o fortalecimento das parcerias com empresas de diferentes setores, a pesquisa colaborativa e interdisciplinar, e a responsabilidade das universidades de contribuir para a transformação na vida da comunidade em que está inserida.

O Encontro de Salamanca deu continuidade aos do Rio de Janeiro (Brasil, 2014), de Guadalajara (México, 2010) e de Sevilha (Espanha, 2005). As reuniões são promovidas pela Universia, iniciativa do Santander Universidades que agrupa mais de 1.300 instituições acadêmicas ibero-americanas.

  • 50
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados