Reitor participa de audiência na Assembleia Legislativa de SP

Objetivo foi prestar contas a respeito do andamento da atual gestão, conforme disposto no artigo 52 da Constituição Estadual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
O reitor Vahan Agopyan (ao microfone) durante a apresentação na Comissão da Assembleia Legislativa – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

O reitor da USP, Vahan Agopyan, participou, no dia 16 de maio, da reunião da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação e Informação da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

O encontro teve como objetivos a prestação de contas sobre o andamento da atual gestão à frente da USP e a avaliação de ações, programas e metas da Universidade, conforme disposto no artigo 52 da Constituição Estadual.

O reitor iniciou sua participação apresentando os primeiros projetos que já estão sendo implementados na Universidade. Segundo ele, os programas estão divididos em três eixos principais: Relação com a Sociedade, Excelência Acadêmica e Valorização dos Recursos Humanos.

Na vertente Relação com a Sociedade, um dos projetos apresentados foi o Programa USP Municípios, voltado ao desenvolvimento de atividades de apoio às cidades, incluindo o oferecimento de cursos de aperfeiçoamento e de formação de pessoal na área da administração pública municipal.

Agopyan também citou a consolidação do programa Vem pra USP!, que tem como objetivo incentivar os alunos de escolas públicas a ingressarem nos cursos de graduação da Universidade e estimulá-los a melhorar o desempenho nas disciplinas que compõem o conteúdo programático dos processos seletivos de acesso ao ensino superior. “Na edição deste ano, pretendemos alcançar um maior número de escolas e alunos participantes”, enfatizou o reitor.

Dentro do eixo da Excelência Acadêmica, está prevista a criação de cursos de graduação interdisciplinares, nos mesmos moldes do curso de Ciências Moleculares. No item relacionado à Valorização de Recursos Humanos, a capacitação de servidores técnicos e administrativos foi um dos pontos apresentados, bem como as ações de fomento à fixação de pós-doutores na Universidade.

Também está prevista a criação do Escritório de Acolhimento de Estudantes, com a finalidade de proporcionar uma melhor qualidade de vida a alunos de graduação e de pós-graduação da Universidade. Segundo o reitor, esse novo projeto deverá se alinhar a outros dois já desenvolvidos na Universidade: o Escritório de Carreiras e o Escritório de Atividades Esportivas.

No que tange às medidas administrativas adotadas, Agopyan destacou a implantação de uma auditoria interna e a criação de mais duas estruturas organizacionais voltadas ao relacionamento institucional e à gestão de indicadores de desempenho acadêmico.

Questionado por deputados a respeito da questão do Hospital Universitário (HU), o reitor explicou que o novo superintendente do Hospital, o professor de Geriatria e Ortopedia da Faculdade de Medicina (FM), Luiz Eugênio Garcez Leme, está desenvolvendo um relatório sobre a atual situação da área, que deverá ser submetido para análise da Reitoria até o início do mês de junho.

Além do reitor da USP, participaram da audiência o vice-reitor Antonio Carlos Hernandes, os pró-reitores da Universidade, os superintendentes da Instituição e dirigentes ligados à Administração Central.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados