Reitor participa da abertura da 61ª Semana Luiz de Queiroz

Durante a semana, que vai de 9 a 13 de outubro, acontece também a segunda edição do “EsalqShow”

  • 12
  •  
  •  
  •  
  •  
A cerimônia, realizada no Salão Nobre da Esalq, foi prestigiada por dirigentes, pesquisadores, políticos e representantes de entidades associadas – Foto: Gerhard Waller/Esalq

Uma cerimônia realizada na manhã de ontem, dia 9 de outubro, marcou a abertura oficial da 61ª Semana Luiz de Queiroz. Com uma extensa programação de atividades comemorativas, científicas e culturais, a semana é uma realização da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq), da Associação de Ex-Alunos da Esalq (Adealq) e da Prefeitura do Campus USP “Luiz de Queiroz” (PUSP-LQ).

“O País está imerso em dúvidas, por isso é necessário que falemos de certezas. Nós temos a certeza de que a Esalq e a USP estão entre as melhores instituições de ensino de ciências agrárias do mundo. Neste ano, a Esalq atendeu 30 mil alunos em cursos presenciais e de ensino a distância, publicamos cerca de mil artigos em periódicos indexados, nossos alunos de Graduação visitaram 23 países e nos lançamos ao desenvolvimento de um plano de Estado para a Agricultura. Enquanto o Brasil tem dúvidas, na Esalq nós temos certezas. Temos diversidade, temos competência técnica e, sobretudo, temos o interesse institucional de fazer com que o País cresça”, disse o diretor da Esalq, Luiz Gustavo Nussio.

Iniciando as atividades, foi inaugurada a estátua em bronze que reproduz, em escala natural, a figura de Luiz Vicente de Sousa Queiroz sentado em um banco. O ex-diretor da Escola, Antonio Roque Dechen, falou sobre o legado e o pioneirismo do idealizador da Esalq.

Em seguida, houve a transferência simbólica do gabinete do secretário Estadual de Agricultura e Abastecimento, Francisco Sergio Ferreira Jardim, para a Esalq, em comemoração ao Dia do Engenheiro Agrônomo. Além da pasta da Agricultura, os secretários estaduais da Fazenda, Luiz Claudio Rodrigues de Carvalho, e do Turismo, Junior Aprillant, também transferiram seus gabinetes momentaneamente para a Escola.

A cerimônia contou ainda com a entrega de tributos da Câmara de Vereadores de Piracicaba ao presidente do conselho do EsalqShow, Roberto Rodrigues, ao reitor, ao diretor da Esalq e ao autor e organizador do livro Pathways to Collaboration. E para finalizar, foram entregues o Prêmio da Associação de Engenheiros Agrônomos do Estado de São Paulo (AEASP) e o Prêmio NovoAgro, uma parceria da Esalq com o Grupo Santander.

Cátedra Luiz de Queiroz

O ex-ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e primeiro titular da Cátedra Luiz de Queiroz, Roberto Rodrigues, apresentou a palestra O futuro da agricultura tropical para a sociedade, sobre o papel do Brasil para a garantia da segurança alimentar mundial.

Rodrigues explicou que, de acordo com a ONU, a segurança alimentar é um tema de grande relevância para a garantia da paz. Os estudos indicam que, em dez anos, a produção mundial de alimentos precisará crescer 20%; mas, como muitos dos grandes produtores não conseguirão elevar sua produção nesse patamar, o Brasil terá de crescer aproximadamente 40%.

“Para sermos um campeão mundial de segurança alimentar é necessário que tenhamos um projeto, e a Cátedra Luiz de Queiroz trabalhou nos últimos doze meses na elaboração desse projeto, com o espírito da USP. Não é um plano para o agronegócio, mas um que integra diversos setores da economia para que o Brasil se torne um campeão de segurança alimentar até 2030. É um plano de Estado e não de governo, e será levado ao próximo presidente eleito”, explicou Rodrigues.

Para o reitor Vahan Agopyan, “como instituição, estamos demonstrando que, mesmo quando o cenário não é dos mais favoráveis, nós não nos entregamos ao pessimismo e estamos enfrentando a realidade com o que temos de melhor, que é o conhecimento. Temos que continuar honrando o legado de nossos antecessores, temos que vislumbrar e manter a excelência da nossa Universidade e, para isso, é fundamental que a interação com a sociedade seja cada vez mais forte. A Esalq é um bom exemplo de como o conhecimento acumulado deve ser divulgado e ofertado à sociedade”.

O titular da Cátedra Luiz de Queiroz, ministro Roberto Rodrigues, apresentou uma palestra sobre o papel do Brasil para garantir a segurança alimentar mundial – Foto: Gerhard Waller/Esalq

EsalqShow

Durante a cerimônia também foi aberta a segunda edição do EsalqShow – Fórum de Inovação para o Agronegócio Sustentável, que acontece entre os dias 9 e 11 de outubro e é uma das atividades da Semana Luiz de Queiroz.

Trata-se de um fórum dedicado a estimular inovações e empreendedorismo na agricultura, frente a produtos, serviços, últimas tendências do mercado, futuros desafios e novas ideias, aproximando a academia do setor produtivo e estimulando parcerias. Os eventos são realizados pela USP, em Piracicaba, e contam com a colaboração e presença de profissionais de diferentes setores, de acadêmicos e pesquisadores consagrados, líderes de empresas renomadas e de startups, e estudantes vindos de diferentes partes do Brasil e do exterior.

O fórum ocorre em parceria com a empresa Araiby Feiras e Eventos em Agronegócios e o apoio da Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (Fealq). A primeira edição foi realizada no ano passado e reuniu mais de 3 mil participantes, 67 expositores, 55 palestras e apresentação de 51 projetos expostos em 14 vitrines.

  • 12
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados