Projeto apresenta a ciência para meninas do Ensino Fundamental

O Mergulho na Ciência USP acontece no Instituto Oceanográfico entre os dias 24 e 27/7

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
O reitor Vahan Agopyan (no centro) visitou uma das atividades do curso Mergulho na Ciência USP, no dia 26 de julho – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

O Instituto Oceanográfico está sediando, entre os dias 24 e 27 de julho, o curso de cultura e extensão Mergulho na Ciência USP, que proporciona a alunas do Ensino Fundamental uma experiência nos laboratórios da Universidade e o contato com mulheres cientistas.

O projeto recebeu quatro mil inscrições de alunas do 5º ao 9º, de escolas públicas e privadas de todo o Estado de São Paulo. Destas, 50 meninas foram sorteadas para participar da segunda edição do curso.

“O objetivo do Mergulho na Ciência USP é incentivar a inserção de meninas e mulheres na ciência, especialmente nas áreas STEM (sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática). A ideia é mostrar um leque de temas não muito tradicionais, humanizar a figura da cientista, incentivar a alfabetização científica e mostrar a importância da ciência e tecnologia tanto para o nosso cotidiano quanto para o desenvolvimento deste País”, explica a coordenadora do projeto, Camila Signori.

O curso combina palestras, oficinas, jogos, dinâmicas em grupo, aulas práticas em laboratório e outras atividades que despertam o interesse pela ciência e pelos estudos. Entre os temas abordados estão a Astrobiologia, Astronomia, Educação, Engenharia, Farmacologia, Física, Microbiologia, Neurociências, Oceanografia, Química e Zoologia.

As atividades são desenvolvidas no anfiteatro e nos laboratórios do Instituto Oceanográfico, no Banco de Microrganismos Marinhos Aidar & Kutner e na Ciência na Esfera. As participantes também têm a oportunidade de almoçar no Bandejão da Química e de caminhar pela Cidade Universitária, para vivenciar o cotidiano dos universitários e cientistas da USP.

Sem medo da ciência

O reitor Vahan Agopyan visitou uma das atividades do curso e parabenizou as meninas que tiveram o interesse e a oportunidade de participar do Mergulho na Ciência USP, mesmo durante o período de férias escolares.

“As pessoas acham que ciência é uma coisa complexa, mas não há por que temer a ciência. A química não morde, a matemática não faz mal a ninguém. A ciência desenvolve o mundo e garotas como vocês, que têm a curiosidade e não temem o conhecimento, são a esperança desse País. Ciência e conhecimento não têm gênero, são universais. Espero encontrá-las daqui a uns anos, como alunas da USP”, ressaltou o reitor.

O Mergulho na Ciência USP é um dos projetos selecionados pelo Edital Empreendedorismo Social, da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU), e conta com parcerias externas com a Editora Panda Books, Editora do Brasil, Donas da Rua da Turma da Mônica (Maurício de Sousa Produções), Tempo Vocação, Girl Up (ONU Mulheres), A Pequena Princesa, Happy Code, Garatéa Missão Lunar, LUCA Ciência para Educar, APECS-Brasil e Bate-Papo com Netuno.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •