Programa Renova é estendido ao Campus USP de Ribeirão Preto

Criado em 2017, o programa possibilita a readaptação funcional de servidores com restrições médicas

 05/04/2019 - Publicado há 3 anos
Por
A implantação do Renova em Ribeirão Preto teve início nos dias 2 e 3 de abril, com a apresentação do programa aos assistentes administrativos e chefias das unidades do campus – Foto: Divulgação/Campus USP de Ribeirão Preto

Ampliando as ações voltadas para o aperfeiçoamento das condições de trabalho de servidores com restrições médicas, o Departamento de Recursos Humanos (DRH) inaugurou uma nova fase do Programa de Aperfeiçoamento e Renovação Funcional (Renova), com a sua implantação no campus USP de Ribeirão Preto.

A iniciativa é da Coordenadoria de Administração Geral (Codage), por meio do DRH, em parceria com o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt) e com a Escola Técnica e de Gestão da USP.

Como parte das etapas do processo, o diretor do DRH, Fernando Luís Medina Mantelatto, reuniu-se com dirigentes do campus no dia 29 de março, para apresentar o programa. “Em função dos resultados positivos obtidos em São Paulo, a Administração Central amplia a abrangência do programa para os campi do interior. Em essência, o programa adere às ações que buscam a melhoria na qualidade do trabalho dos servidores, em particular nas condições e na motivação. A escolha do campus de Ribeirão Preto se deu por causa do número de servidores e da potencial demanda mapeada previamente. Ressalta-se que, além dos servidores, as unidades e órgãos serão beneficiados com a possibilidade de aproveitamento dos servidores em outras funções compatíveis com o perfil, atendendo às suas atividades-fim”, explicou Mantelatto.

Em seguida, nos dias 2 e 3 de abril, foi realizado um evento para a apresentação do Renova aos assistentes administrativos e chefias das unidades.

O programa prevê a execução de etapas, incluindo inscrição dos servidores pré-elegíveis; a avaliação médico-ocupacional; o acolhimento do servidor, com a apresentação e orientações sobre os objetivos e benefícios oferecidos; entrevistas para análise dos perfis; capacitação e definição das atividades e ambiente de trabalho; e o acompanhamento do processo de readaptação.

Em Ribeirão Preto, o programa conta com o apoio do Centro de Serviços Compartilhados em RH de Ribeirão Preto, da área de Assistência Social da Prefeitura do Campus, da equipe do Laboratório de Psicologia Organizacional e do Trabalho da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) e da Unidade Básica de Assistência à Saúde (Ubas) de Piracicaba.

A expansão do projeto para os campi de Piracicaba e de São Carlos está prevista para o segundo semestre. Em São Paulo, o programa prossegue em fluxo contínuo.

Renova

Desenvolvido pela Codage, o Renova tem como objetivo principal possibilitar readaptação funcional a servidores de nível básico com restrições médicas no desenvolvimento de atividades habituais. Esses funcionários têm a oportunidade de buscar novas áreas de atuação de acordo com seu perfil e as necessidades da Universidade.

A primeira edição do Renova foi realizada no campus USP da Capital e concedeu a certificação a 27 servidores técnicos e administrativos participantes do projeto.

Durante todas as fases do programa, que teve duração de um ano e foi concluído em agosto de 2018, os participantes foram orientados por profissionais do DRH, do Sesmt e da Escola Técnica e de Gestão da USP.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.