Programa Aprender na Comunidade seleciona 104 projetos

Os projetos são desenvolvidos pelos alunos da Graduação e estão relacionados ao projeto pedagógico dos cursos

  • 112
  •  
  •  
  •  
  •  
O Projeto Bandeira Científica oferece assistência e desenvolve ações para melhorar as condições de saúde de localidades vulneráveis no Brasil – Foto: Divulgação

No dia 4 de outubro, a Pró-Reitoria de Graduação divulgou o resultado do Edital “Aprender na Comunidade”. Ao todo, foram aprovados 104 projetos distribuídos em três categorias, sendo 32 projetos específicos, 55 projetos integrados e 17 projetos consolidados.

Foto: Marcos Santos / USP Imagens

Os projetos selecionados receberão recursos para cobrir gastos de custeio, bolsas para os estudantes de graduação e desenvolvimento das atividades relacionadas ao projeto. O valor máximo atribuído a cada projeto varia de acordo com a categoria na qual ele se enquadra.

“Ficamos muito satisfeitos com a qualidade dos projetos inscritos. Essa é uma forma de conhecer e apoiar as atividades realizadas pelos alunos de Graduação fora dos muros da USP, que dão visibilidade a tudo o que é desenvolvido aqui. Além disso, essas atividades incrementam a formação do aluno, já que, obrigatoriamente, estão relacionadas a uma disciplina e ao projeto pedagógico do curso”, explicou a pró-reitora Adjunta de Graduação, Maria Vitória Lopes Badra Bentley.

Confira a lista completa dos projetos selecionados pelo Programa Aprender na Comunidade nas categorias projetos específicos, projetos integrados e projetos consolidados.

Aprender na Comunidade

Essa é a primeira edição do programa da Pró-Reitoria de Graduação que tem o objetivo de apoiar as ações desenvolvidas por estudantes da USP fora dos muros da Universidade, reunindo diferentes competências e habilidades e ampliando a interação com a comunidade.

Pró-reitor de Graduação, Edmund Chada Baracat – Foto: Marcos Santos / USP Imagens

Os projetos, que devem ter caráter interdisciplinar e estar alinhados aos projetos pedagógicos dos cursos, são classificados em uma das três categorias: Projetos Específicos (projetos novos ou já existentes que envolvam um ou mais cursos de uma Unidade), Projetos Integrados (projetos novos ou já existentes que tenham impacto na comunidade e envolvam várias Unidades) e Projetos Consolidados (projetos já regulares, que tenham grande impacto e envolvam vários cursos e Unidades).

“A USP está exercendo seu papel de transdisciplinaridade. Esse programa está alinhado à principal diretriz da Reitoria, que é fortalecer os laços com a sociedade. Essas atividades exercidas pelos alunos de Graduação levam a USP para fora de seus muros, mostrando o que é a Universidade principalmente para os estudantes do ensino fundamental da rede pública”, reforça o pró-reitor de Graduação, Edmund Chada Baracat.

  • 112
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados