USP terá Centro de Previsão Meteorológica para a região metropolitana

O Centro fornecerá informações atualizadas sobre as condições meteorológicas da região metropolitana de São Paulo, ajudando a Defesa Civil a desenvolver ações preventivas.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

O Centro fornecerá informações atualizadas sobre as condições meteorológicas da região metropolitana de São Paulo, ajudando a Defesa Civil a desenvolver ações preventivas contra desastres naturais causados por eventos climáticos, preservando vidas e minimizando prejuízos socioeconômicos e ambientais

Um protocolo de intenções firmado entre a USP e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, no dia 15 de maio, estabelece as diretrizes e as condições para a implantação de um Centro de Previsão Hidrometeorológica, no Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Assinado pelo reitor João Grandino Rodas e pelo chefe da Casa Militar e coordenador Estadual da Defesa Civil, Benedito Roberto Meira, o documento é a primeira etapa desse processo e prevê a ampliação e a consolidação das atividades que já são realizadas pelo Laboratório de Hidrometeorologia (LabHidro), do IAG.

A assinatura do protocolo de intenções, entre a USP e a Defesa Civil, foi realizada no dia 15 de maio

“Esse é o início de uma parceria entre a Defesa Civil e a USP. O Centro de Previsão Meteorológica colaborará com o desenvolvimento e o aprimoramento de pesquisas realizadas na área das ciências atmosféricas, além de fornecer informações valiosas para que a Defesa Civil melhore sua atuação”, ressalta o diretor do Instituto, Tércio Ambrizzi.

O coordenador do LabHidro, Augusto José Pereira Filho, lembra que “a importância do Centro se dá não apenas no período de chuva, mas também por medir o risco de incêndio urbano e rural; o índice de conforto térmico para o inverno; a maior ou menor dispersão de poluentes; e a previsão e o monitoramento da neblina.”

Laboratório de Hidrometeorologia (LabHidro)

Os boletins, gráficos e imagens geradas pelo Radar MXPol e pelo satélite MSG estão disponíveis na site do Laboratório de Hidrometeorologia do IAG

O Centro de Previsão Meteorológica aproveita parte da estrutura e do trabalho que já vem sendo desenvolvido pelo Laboratório de Hidrometeorologia (LabHidro) e amplia sua capacidade de monitoramento das condições atmosféricas da cidade e de realização de previsões de curto e curtíssimo prazo.

Atualmente, LabHidro dispõe de um Sistema de Previsão Hidrometeorológica, composto pelo Radar Meteorológico MXPol; por um sistema de recepção das imagens enviadas pelo satélite Meteosat Nova Geração (MSO); pelas estações meteorológicas instaladas na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), localizada na Zona Leste de São Paulo, e no Parque Cientec, localizado na Zona Sul. Os dados captados por esses meios são inseridos em modelos matemáticos e analisados pela equipe de meteorologistas do Laboratório.

Com essas informações, a equipe elabora boletins meteorológicos diários, semanais e extraordinários e emite alertas de tempestades para as Prefeituras e para o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Defesa Civil de São Paulo, que dispõe de uma página exclusiva de acesso restrito, com gráficos, mapas, imagens de satélite e informações detalhadas sobre as condições atmosféricas da região metropolitana da capital e da Baixada Santista. Os boletins e parte dessas imagens também estão disponíveis ao público no site do Laboratório.

“A previsão de curtíssimo prazo é importante por reduzir o impacto das ações climáticas na cidade, mas isso demanda infraestrutura e recursos humanos. Desde janeiro de 2012, com o apoio financeiro da Reitoria, as atividades do Laboratório estão sendo expandidas e conseguimos formar uma equipe de seis meteorologistas, monitorando as condições da cidade durante as 24h do dia, nos sete dias da semana. Para nós, a criação desse Centro é a oportunidade de disponibilizar o resultado obtido por esse projeto de pesquisa em prol da sociedade”, afirma Pereira.

(Foto: Ernani Coimbra)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados