Universidade recebe distinção na área de agricultura e pecuária

No dia 29 de agosto, a USP foi agraciada com o Diploma Histórico de Honra ao Mérito, concedido pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) a Instituições que atuam em prol dos interesses dos trabalhadores e produtores rurais e do agronegócio.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
IMG_3635
O reitor Marco Antonio Zago destacou que a USP é reconhecida como a quinta Universidade do mundo na área de ciências agrárias

No dia 29 de agosto, a USP foi agraciada com o Diploma Histórico de Honra ao Mérito, concedido pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) a Instituições que atuam em prol dos interesses dos trabalhadores e produtores rurais e do agronegócio.

O reitor da Universidade, Marco Antonio Zago, recebeu a comenda das mãos do presidente da entidade, Fábio de Salles Meirelles, em uma cerimônia realizada em São Paulo.

O dirigente destacou em seu discurso que a USP, na área de “ciências agrárias, é reconhecida como a quinta Universidade do mundo. A Escola Superior de Agricultura ‘Luiz de Queiroz’ faz parte do patrimônio de São Paulo e do Brasil: foi e continua sendo, há mais de cem anos, um dos grandes motores da renovação da agricultura e da pecuária no país. Mais recentes, mas igualmente importantes nessa missão são a Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos de Pirassununga e a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, cuja fundação também antecede à da própria USP”.

A USP foi agraciada com o Diploma Histórico de Honra ao Mérito

Também estiveram presentes no evento diversos dirigentes da USP, dentre eles o vice-reitor Vahan Agopyan e os pró-reitores Antonio Carlos Hernandes (Graduação), Carlos Gilberto Carlotti Junior (Pós-Graduação), José Eduardo Krieger (Pesquisa) e Marcelo de Andrade Romero (Cultura e Extensão Universitária).

Além da USP, também foram homenageados o Poder Executivo do Estado, na pessoa do governador Geraldo Alckmin; o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, Paulo Dimas; o procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, representando o Ministério Público do Estado; e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Estado de São Paulo (Fetaesp), representada pelo presidente Isaac Leite. A Igreja Católica foi homenageada na figura do arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis.

A Faesp está presente em 557 dos 645 municípios paulistas e é composta por 237 sindicatos rurais e 320 extensões de base.

(Fotos: Silvia Bonassa e Ernani Coimbra)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados